Mês do Trânsito - Rádio
Geral

Destino do prêmio da Mega-Sena sorteado em Joaçaba pode ser definido nesta terça-feira

12 Jun 2012 - 12h06

Está marcado para as 14h30min desta terça-feira, em Brasília, o julgamento sobre o destino de um prêmio de R$ 27 milhões da Mega-Sena, sorteado em 2007 para Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense. A sessão ocorre no Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Há quase cinco anos, o empresário Altamir José da Igreja e o marceneiro Flávio Junior Biass, na época patrão e empregado, disputam o dinheiro na Justiça. Dois julgamentos anteriores, um em Joaçaba e outro em Florianópolis, decidiram pela divisão do prêmio em partes iguais.

Agora, os ministros da Terceira Turma do STJ vão analisar o caso. Eles podem dar um parecer sobre a disputa ou pedir vistas do processo, se encontrarem algum ponto duvidoso nos documentos. Seja qual for a decisão, as partes ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O dinheiro do prêmio está bloqueado desde 2007 em uma conta da Caixa Econômica Federal. Com o rendimento dos juros da poupança, as cifras já ultrapassam R$ 36 milhões. Na época da aposta, Igreja e Biass teriam feito um acordo informal para dividir o prêmio caso fossem sorteados.

DIÁRIO CATARINENSE

Matérias Relacionadas

Geral

Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia

Houve alta de 60% em tentativas de golpes financeiros contra idosos
Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia
Saúde

Covid-19: estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da vacina chinesa

CoronaVac está na última etapa de estudos em humanos
Covid-19: estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da vacina chinesa
Esportes

Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena

Primeiro-ministro do Japão e Thomas Bach iniciaram projeto de regras
Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena
Segurança

[VÍDEO] Polícias Militar e Civil procuram informações sobre homem que assaltou estabelecimentos em Guaramirim

O rapaz de aproximadamente 1,60, cabelo enrolado, sempre usa boné e máscara, cometeu pelo menos dois crimes no Centro
[VÍDEO] Polícias Militar e Civil procuram informações sobre homem que assaltou estabelecimentos em Guaramirim
Ver mais de Geral