Delivery Much
GERAL

Delegado federal vai cuidar do Enem

16 Abr 2019 - 08h33Por Renata Cafardo

O delegado da Polícia Federal Elmer Vicenzi será o novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O órgão é o responsável pelas avaliações do Ministério da Educação (MEC), entre elas o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Vicenzi é especialista em Direito Penal e fez um MBA em Orçamento e Gestão Pública pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Foi chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da Coordenação-Geral de Polícia Fazendária da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado e diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), onde implementou a carteira digital de habilitação. O nome dele foi confirmado oficialmente pelo Ministério da Educação.

O cargo está vago desde que o ex-presidente Marcos Vinícius Rodrigues foi demitido pelo ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez, no dia 26 de março. Depois que o Enem foi roubado da gráfica em 2009, em sua primeira edição como o maior vestibular do País, o Inep desenvolveu uma grande estrutura de logística e segurança. Mesmo assim, o exame sofre com denúncias de fraude ano a ano.

A gráfica que imprimia o Enem faliu há cerca de 15 dias e até hoje o Inep não divulgou como resolverá a questão. A previsão era de que as provas começassem a ser impressas no mês que vem. Há denúncias de irregularidades e favorecimento da RR Donnalley (a gráfica falida) em licitações feitas no Inep.

Nesta segunda-feira, 15, o ministro Weintraub recebeu o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamim Zimler, revisor do processo no órgão sobre as denúncias envolvendo a licitação de 2016. Essa foi a última vez que o Inep abriu concorrência para a impressão do Enem. Em outros anos, o contrato foi renovado com a RR Donnalley. O julgamento no TCU deve ocorrer no dia 24.

Alfabetização

O Inep ainda é responsável pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que avalia crianças desde a alfabetização até o ensino médio. No mês passado, o jornal O Estado de S. Paulo revelou que a gestão de Jair Bolsonaro não mais faria provas para as alunos em fase de alfabetização. Foi mais um episódio da crise que se instaurou no MEC desde o início do ano. O ex-ministro Vélez disse que não sabia da mudança e demitiu o presidente do Inep. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor

Na prática, os estabelecimentos que recebem leite ou processam leite cru refrigerado terão que rastrear toda a matéria-prima e solicitar os exames de brucelose e tuberculose dos bovinos de seus fornecedores
Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor
Geral

IPVA 2021: prazo para pagamento em cota única termina no dia 1º de fevereiro

O prazo para pagamento em três vezes sem juros terminou no último dia 10
Geral

Cobras corais da região seguem para produção de soro antiofídico no Butantan

As cobras corais são consideradas as serpentes mais venenosas do Brasil; toxina potente afeta o sistema nervoso e o controle muscular
Cobras corais da região seguem para produção de soro antiofídico no Butantan
Política

Após período de férias, atendimento volta ao normal na Prefeitura de Jaraguá

Após período de férias, atendimento volta ao normal na Prefeitura de Jaraguá
Ver mais de Geral