Delivery Much
Chuva

Defesa Civil instala Central de Triagem em Chapecó para atender municípios do Oeste

27 Jun 2014 - 22h25
A Central vai funcionar no pavilhão 1 do Parque de Exposições Tancredo Neves, na Efapi. O objetivo é reduzir o tempo entre a solicitação e a entrega dos materiais à população atingida.

O local vai receber todo material enviado pela Defesa Civil do Estado ou pelo Governo Federal, para ser separado e depois encaminhado aos municípios, conforme a necessidade de cada um. Os itens mais urgentes no momento são água potável e materiais de limpeza. “A gente fornece alguns materiais e, outros, buscamos junto ao Governo Federal. Aqui vamos trabalhar desde a cesta básica, de higiene pessoal, material de consumo, colchões, travesseiros e cobertas, dentro de um padrão de atendimento que já desenvolvemos em outras situações”, comenta o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, que está in loco acompanhando os problemas na região.

O controle das mercadorias será feito por uma equipe da Defesa Civil, com apoio da SDR e da prefeitura de Chapecó. O local irá funcionar 24 horas por dia, num período de aproximadamente 20 dias. “Os municípios atingidos fazem a solicitação e, conforme vamos recebendo os pedidos, operacionalizamos a distribuição”, destaca Moratelli.

Segundo o secretário, os municípios mais atingidos na região são Itapiranga, São Carlos e Águas de Chapecó. Por volta das 14h desta sexta-feira, a Defesa Civil de Santa Catarina também confirmou o rompimento da Central de Geração de Hidrelétrica – CGE, em Ponte Serrada, distante 56 quilômetros de Arvoredo, onde aproximadamente 200 famílias devem ser removidas de suas casas por medida de segurança. As águas inicialmente atingiram a BR-282, próximo a curva da Santa, no trevo do Irani, causando sua interdição.

Em Águas de Chapecó, 700 pessoas foram atingidas pela enchente, sendo que 200 estão abrigadas em escola municipal e outros 500 moradores desalojados, foram locados em casa de familiares. Em Balneário de Pratas, São Carlos, são 70 residências atingidas, com 150 pessoas desabrigadas e realocados em uma escola. O Rio Chapecó que cruza as duas cidades está 12 metros acima do leito.

Condições das Rodovias:

SC-154: Concórdia/Itá – interditada parcial devido à queda de barreira, com trânsito em meia pista para veículos leves;

BR-282: Chapecó/Pinhalzinho – interditada em meia pista próximo ao município de Nova Itaberaba, entre os trevos, devido à queda de barreira;

BR-282: Ponte Serrada/Irani – interditada devido rompimento de barragem;

BR-153: Concórdia/Erechim – interditada parcialmente, somente passagem de veículos leves;

SC-266: Xavantina/Xanxerê – interditada com queda de barreira e rachaduras na pista;

SC-283: São Carlos/Palmitos – interditada devido o acúmulo de água sobre a pista e quedas de barreira.

 

BR-153

Km 45 e Km 47 (Campinas da Alegria): barreiras interrompem a pista.

Km 119: ponte sobre o Rio Uruguai - trânsito liberado apenas para veículos leves

 

BR-158

Divisa SC/RS: interdição total do trânsito na ponte sobre o Rio Uruguai

 

BR-280

Km 86,4 ao Km 118,5 (Corupá - São Bento do Sul): Serra de Corupá, rodovia INTERDITADA, escorregamento de aterro de grandes proporções no km 93,6. Muitos escorregamentos e quedas de barreiras, ocasionando acúmulo de material e água sobre a pista. Trecho sem previsão de liberação do tráfego. Incidência de forte chuva, neblina e traçado sinuoso. Exige atenção e prudência ao dirigir.

 

BR-282

Km 380 (acesso Sul Joaçaba): queda de barreira no acostamento - trânsito normal

Km 381 (Joaçaba): queda de barreira. Trânsito em meia pista

Km 410 (Catanvuas – Irani): queda de barreira com destruição do asfalto. Trânsito em meia pista

Km 445 (Ponte Serrada): rompimento de uma barragem. Pista 100% interditada sem previsão de abertura. Mais de um metro de água sobre a pista. (segue anexo foto do local)

Km 559 (Chapecó - Pinhalzinho): trânsito em meia pista liberada somente para o tráfego no sentido Chapecó - Pinhalzinho. Liberação prevista para o início da tarde desta sexta-feira.

 

BR-470

Km 45,0 (Gaspar – acesso Massaranduba): risco de queda de barreira;

Km 119,3 (Ibirama-Lontras): risco de queda de barreira e eventuais serviços de manutenção;

Km 169,3 (acesso Trombudo Central – acesso Taió): obstrução de 3ª faixa, lado esquerdo.
Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Guaramirim inicia vacinação contra a covid

Três profissionais do Centro de Triagem receberam as primeiras doses nesta terça-feira (19)
Guaramirim inicia vacinação contra a covid
Geral

Defesa Civil mantém interdição parcial da subida do Molha

No local, havia uma grande pedra, que precisou ser detonada e removida em pedaços devido ao tamanho, calculado em mais de 50 toneladas
Defesa Civil mantém interdição parcial da subida do Molha
Geral

Homem tem parte do corpo queimada em acidente doméstico em Jaraguá

A vítima foi conduzida em estado estável ao hospital São José
Geral

Altair Silva é novo secretário da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de SC

Entre os maiores desafios de sua gestão, o novo secretário destaca as ações para reduzir os impactos da estiagem em Santa Catarina e a melhoria na energia elétrica disponível no meio rural
Ver mais de Geral