Geral

Crescimento da economia em 2012 deve ficar em torno de 1%, estima Fiesp

27 Fev 2013 - 15h16

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, estima que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2012 ficará em 0,9% ou 1%. O resultado oficial deverá ser divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na próxima sexta-feira (1º). Para 2013, Skaf está mais otimista e estima expansão de 2,5% a 3%.


"O crescimento de 2012 já frustrou e não é nenhuma novidade. Agora, o que importa é que nós já estamos quase em março de 2013 e o que importa é o que irá acontecer em 2013. E a expectativa é crescimento em torno de 2,5% a 3%", disse. Ele informou ainda que os números no final do ano e no começo de 2013 já sinalizavam um crescimento melhor para este ano.

A estimativa do presidente da Fiesp, porém, está abaixo da previsão do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que indicou 4% de crescimento da economia brasileira em 2013 ao conversar com jornalistas no final do ano passado. O ministro tem dito que o mercado estima uma expansão entre 3% e 4% e que isso representa uma aceleração significativa na comparação com o ano passado.

Segundo o boletim Focus, divulgado esta semana pelo Banco Central, a estimativa de analistas do mercado financeiro consultados pela instituição é que a economia cresça 3,1% este ano, projeção inferior à do ministro Guido Mantega.


Paulo Skaf participa da 40ª Reunião Ordinária do Pleno do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), coordenada pela presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto. O encontro tem como tema principal a discussão sobre investimentos e recomendações para sustentar e acelerar a trajetória de desenvolvimento do país, com geração de emprego e renda, expansão e diversificação da base industrial. Participam da reunião, que ocorre em comemoração aos dez anos do CDES, autoridades do governo e empresários.

AGÊNCIA BRASIL

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Saúde

Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques

A doação de sangue está funcionando com horário agendado previamente, que pode ser por telefone ou diretamente no site
Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques
Saúde

Guaramirim inicia campanha para doação de alimentos durante vacinação do coronavírus

A doação é opcional, não sendo obrigatória para quem for receber a vacina
Guaramirim inicia campanha para doação de alimentos durante vacinação do coronavírus
Ver mais de Geral