Acidente com morte

Corpo de motociclista morto em acidente será sepultado em Nereu

08 Set 2016 - 18h53
Corpo de motociclista morto em acidente será sepultado em Nereu -

O corpo de Tiago Julian Colaço, de 31 anos, deve ser velado na Capela Mortuária da Vila Lenzi a partir das 18h desta quinta-feira.

O acidente ocorreu pouco depois das 4h desta quinta-feira (8) na rua Prefeito José Bauer, esquina com a rua Luzia Trentini Floriani.


Os bombeiros voluntários foram acionados, mas, devido à gravidade das lesões, uma unidade de suporte avançado do Samu conduziu o motociclista ao Hospital São José. Além de uma fratura de fêmur da perna esquerda, o homem teve uma parada cardíaca durante atendimento e morreu no Hospital São José. Tiago era funcionário da WEG e estava se dirigindo ao trabalho.

A Polícia Militar foi acionada para atender o acidente entre a moto Honda Bros e um Honda Civic, dirigido por um homem de 40 anos, que apresentava sinais de embriaguez. O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro “pois tinha acabado de ingerir umas latas de cerveja”, segundo o relato dos policiais militares. Ele foi preso em flagrante e entregue na Delegacia de Polícia da Comarca de Jaraguá do Sul.

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Social recebe quatro toneladas de alimentos em doação de supermercado

Depois de descarregados os mantimentos, eles passarão por triagem e deverão ser entregues às entidades que realizam o atendimento de pessoas carentes no município
Social recebe quatro toneladas de alimentos em doação de supermercado
Economia

Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje

Receita Federal recebeu 31.980.151 declarações
Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje
Santa Catarina

Ciclone em SC: Fenômeno provoca ocorrências em 101 municípios de Santa Catarina

O mesmo documento informa que o Estado tem nove mortes confirmadas e outras duas pessoas desaparecidas por conta do evento climático
Ciclone em SC: Fenômeno provoca ocorrências em 101 municípios de Santa Catarina
Santa Catarina

Cerca de 1,3 mil funcionários da Celesc trabalham para restabelecer energia no estado

O trabalho envolve, principalmente, a retirada de material pesado que caiu sobre a rede e pode levar de dois a três dias em determinadas localidades
Cerca de 1,3 mil funcionários da Celesc trabalham para restabelecer energia no estado
Ver mais de Geral