Unimed - Capa
Energia

Consumo de energia elétrica sobe em setembro

01 Nov 2016 - 10h40
O consumo nacional de energia elétrica somou 38.259 gigawatts-hora (GWh), em setembro deste ano, um avanço de 1,4% sobre igual mês de 2015, de acordo com o boletim da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), divulgado ontem(31).

O consumo das residências teve aumento de 4,6% em setembro, a sétima alta mensal consecutiva. As regiões Sudeste (alta de 5,7%), Nordeste (aumento de 5,2%) e Sul (elevação de 4,4%) se destacaram no mês nessa classe de consumo.

Já o consumo de energia na classe comercial seguiu com declínio de 1% em setembro (maior recuo entre as classes), e de 2,1% no trimestre, ainda refletindo o cenário econômico desfavorável de queda na renda real, aumento do desemprego e de condições de crédito adversas, segundo a EPE.

A indústria apresentou estabilidade em setembro (-0,1%). Houve aumentos no consumo de eletricidade em alguns segmentos, como metalúrgico, de papel e celulose, têxtil, químico, alimentício e automotivo.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Política

Definidos deputados que vão compor o tribunal do 2º pedido de impeachment

A reunião de instalação do tribunal misto está marcada para a próxima sexta-feira (30), às 10 horas
Definidos deputados que vão compor o tribunal do 2º pedido de impeachment
Jaraguá do Sul

Confira como ficará o atendimento nos órgãos públicos municipais de Jaraguá na sexta e segunda

Medida é válida para sexta-feira (30) – ponto facultativo pelo dia do servidor – e na segunda-feira (2) – Dia de Finados.
Confira como ficará o atendimento nos órgãos públicos municipais de Jaraguá na sexta e segunda
Santa Catarina

General Ricardo Miranda Aversa é o novo chefe da Casa Civil de Santa Catarina

Natural do Rio de Janeiro, o general Ricardo Miranda tem ampla formação militar e atuou por vários anos em Florianópolis
General Ricardo Miranda Aversa é o novo chefe da Casa Civil de Santa Catarina
Guaramirim

COVID-19: Confira as medidas de flexibilização anunciadas em Guaramirim

Diante da mudança da matriz de risco da região nordeste que passou para risco alto, novas medidas estão vigentes na legislação estadual e já começam a valer em Guaramirim
COVID-19: Confira as medidas de flexibilização anunciadas em Guaramirim
Ver mais de Geral