segunda, 15 de julho de 2019 - 21h37
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Desobediência

Comissão de Ética do PDT avalia conduta de Dionei da Silva e de três candidatos a vereador nas eleições do ano passado

16 Fev 2013 - 13h26

A Comissão de Ética do PDT de Jaraguá do Sul se reuniu pela segunda vez na tarde de sexta-feira (15), para dar continuidade ao levantamento de informações sobre a conduta de quatros pessoas durante as eleições municipais de 2012. Dentre os quais está Dionei Walter da Silva, que ingressou no PDT um ano antes das eleições. Outras três pessoas acusadas de não obedecer o estatuto pedetista são os candidatos a vereador Agostinho Zimmermann, Wagner de Araujo e Maria de Lourdes Cipriani. De acordo com o presidente da comissão, Leandro Chadeck, os quatro terão um prazo para apresentar as defesas e o processo pode terminar com a expulsão deles do partido.

[jwplayer mediaid="64695"]

Segundo Chadeck, em momento algum na campanha eleitoral de 2012, o grupo de Dionei da Silva oficializou que apoiaria a candidatura de Cecília Konell em detrimento à candidatura de Dieter Janssen (PP), o qual o partido estava coligado. Ainda conforme o presidente da Comissão de Ética, o que houve foi um contato do PDT para tentar buscar explicações sobre o que ocorreu nas eleições.

[jwplayer mediaid="64693"] 

O presidente do PDT, Ruy Lessmann, se disse decepcionado com a conduta dos quatro pedetistas, especialmente da liderança de Dionei Walter da Silva.

[jwplayer mediaid="64691"] 

Lessmann acrescenta que atualmente o PDT está com problemas de relacionamento com a atual administração, que ajudou a eleger, por causa daquele episódio.

[jwplayer mediaid="64697"]

Outro que se disse decepcionado com o desvio de conduta, foi o ex-vereador Ronaldo Raulino, que levou Dionei da Silva para o PDT.

[jwplayer mediaid="64699"]

Odontocop - Julho