Geral

CFM diz que número de médicos no país é suficiente e defende criação de plano de carreira

18 Fev 2013 - 20h16

O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz D'Ávila, disse hoje (18) que o país conta com um número de médicos suficiente para atender a demanda e cobrou do governo federal a criação de um plano de carreira capaz de atrair profissionais para áreas de menor cobertura, como no interior do país.


Pesquisa divulgada pelo órgão aponta que o Brasil tem atualmente dois médicos para cada grupo de mil habitantes. O Sudeste lidera o ranking com 2,67 profissionais por mil habitantes, seguido pelo Sul, com 2,09, e pelo Centro-Oeste, com 2,05. Já no Nordeste, o índice é 1,23 e no Norte, 1,01. Dos 388 mil médicos no país, 55,5% atuam no Sistema Único de Saúde (SUS).

D'Ávila criticou medidas sobre a abertura de novos cursos de medicina, anunciada pelo governo federal, e o estímulo a vinda de médicos estrangeiros ou com formação no exterior. "Não me venham com atitudes que são só cosméticas e que não vão resolver o problema", disse. "Desafio o governo a sentar conosco e debater as ideias da melhor maneira possível", completou.

Além da criação de um plano de carreira semelhante ao do Poder Judiciário, com possibilidade de educação continuada e dedicação exclusiva, o CFM defende também a a abertura de vagas de residência médica para cada aluno formado em medicina. "É o nosso sonho. Países sérios fazem isso", concluiu o presidente.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Segurança

[VÍDEO] Continua internado idoso vítima de roubo no bairro Garibaldi

Um casal de vizinhos ouviu a movimentação e foram verificar o que estava acontecendo, e foram recebidos a tiros
[VÍDEO] Continua internado idoso vítima de roubo no bairro Garibaldi
Geral

[VÍDEO] O vendaval que nos apresentou dois grandes heróis!

Saúde

Associações Empresariais da região criam material com orientações de prevenção contra a Covid-19

Associações Empresariais da região criam material com orientações de prevenção contra a Covid-19
Saúde

Pama amplia horário de plantões no fim de semana

Voltado a pessoas com sintomas de gripe, suspeitas de Covid-19, o atendimento acontece das 7 às 22 horas
Pama amplia horário de plantões no fim de semana
Ver mais de Geral