Centro Regional da Defesa Civil do Estado

Centro Regional da Defesa Civil do Estado será instalado em Jaraguá do Sul até maio de 2017

22 Jul 2016 - 14h16
Centro Regional da Defesa Civil do Estado será instalado em Jaraguá do Sul até maio de 2017 -

 Dois terrenos foram vistoriados pelo secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, acompanhado pela sua equipe técnica, secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, Leonel Pradi Floriani, prefeitos de Jaraguá do Sul e Corupá, Dieter Janssen e Luiz Carlos Tamanini, coordenador regional de Defesa Civil, Osvaldo Gonçalves e diretora de Proteção e Defesa Civil de Schroeder e coordenadora do colegiado Regional, Tânia Dantas.

O primeiro terreno vistoriado foi nos fundos da ADR de Jaraguá do Sul, onde hoje é o estacionamento. O segundo terreno fica ao lado do quartel do 14º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Vila Lenzi. A estrutura terá entre 140 e 150 m², o mesmo projeto deve ser aplicado em 19 municípios. O tempo para montagem do Centro Regional é de um mês. “Estamos vistoriando terrenos em diversos municípios para encontrarmos locais que correspondam à estrutura padrão dos Centros Regionais para licitarmos todos juntos”, explicou Moratelli. A intenção da Defesa Civil é realizar a licitação no mês de agosto. O investimento total do Governo do Estado está estimado em R$ 4 milhões.


Os Centros Regionais devem entrar em operação até maio de 2017, quando o Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres– Cigerd, também estará operando na Capital. Os centros regionais vão servir de abrigo para os coordenadores de cada região no Estado. Vão conter uma sala de situação com tecnologia e agilidade no repasse de dados para a base, em Florianópolis, inclusive com reuniões através de videoconferência. De acordo com Moratelli, durante um desastre natural, a estrutura possibilitará espaço adequado para gestão do evento em andamento. O Centro Regional de Jaraguá do Sul irá atender aos municípios que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio Itapocu, sendo Jaraguá do Sul, Corupá, Schroeder, Massaranduba, Guaramirim, São João do Itaperiú e Barra Velha.

Cigerd

O Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres– Cigerd, deverá contar com mais de 20 órgãos trabalhando no mesmo espaço. O Centro faz parte do novo sistema de proteção e defesa civil que está em fase de implantação em Santa Catarina. A estrutura vai contar com o Centro de Monitoramento e Alerta, Meteorologia, Sistema de Hidrometeorologia, Geologia, Mapeamento de Áreas de Risco, Planos de Contingência, Planos de Ações Emergenciais, Gestão de Crise e Respostas a Desastres. A intenção da Defesa Civil é integrar os setores para o gerenciamento de crise. Com isso, garantir diminuição significativa de riscos para a população em uma situação de eventos adversos.

Matérias Relacionadas

Geral

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
Geral

Governo prorroga presença das Forças Armadas na Amazônia Legal

Operação Verde Brasil vai até 6 de novembro na região
Governo prorroga presença das Forças Armadas na Amazônia Legal
Saúde

Vacina contra câncer está pronta pra testes em humanos

A equipe afirma que a vacina apresentou várias vantagens importantes em relação a outras já em desenvolvimento
Vacina contra câncer está pronta pra testes em humanos
Variedades

Gorila ameaçada de extinção está grávida: 1º bebê em 2 décadas

Será o primeiro bebê gorila em 24 anos da espécie planície ocidental, originária da África Central e extremamente rara.
Gorila ameaçada de extinção está grávida: 1º bebê em 2 décadas
Ver mais de Geral