Centro Regional da Defesa Civil do Estado

Centro Regional da Defesa Civil do Estado será instalado em Jaraguá do Sul até maio de 2017

22 Jul 2016 - 14h16
Centro Regional da Defesa Civil do Estado será instalado em Jaraguá do Sul até maio de 2017 -

 Dois terrenos foram vistoriados pelo secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, acompanhado pela sua equipe técnica, secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, Leonel Pradi Floriani, prefeitos de Jaraguá do Sul e Corupá, Dieter Janssen e Luiz Carlos Tamanini, coordenador regional de Defesa Civil, Osvaldo Gonçalves e diretora de Proteção e Defesa Civil de Schroeder e coordenadora do colegiado Regional, Tânia Dantas.

O primeiro terreno vistoriado foi nos fundos da ADR de Jaraguá do Sul, onde hoje é o estacionamento. O segundo terreno fica ao lado do quartel do 14º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Vila Lenzi. A estrutura terá entre 140 e 150 m², o mesmo projeto deve ser aplicado em 19 municípios. O tempo para montagem do Centro Regional é de um mês. “Estamos vistoriando terrenos em diversos municípios para encontrarmos locais que correspondam à estrutura padrão dos Centros Regionais para licitarmos todos juntos”, explicou Moratelli. A intenção da Defesa Civil é realizar a licitação no mês de agosto. O investimento total do Governo do Estado está estimado em R$ 4 milhões.


Os Centros Regionais devem entrar em operação até maio de 2017, quando o Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres– Cigerd, também estará operando na Capital. Os centros regionais vão servir de abrigo para os coordenadores de cada região no Estado. Vão conter uma sala de situação com tecnologia e agilidade no repasse de dados para a base, em Florianópolis, inclusive com reuniões através de videoconferência. De acordo com Moratelli, durante um desastre natural, a estrutura possibilitará espaço adequado para gestão do evento em andamento. O Centro Regional de Jaraguá do Sul irá atender aos municípios que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio Itapocu, sendo Jaraguá do Sul, Corupá, Schroeder, Massaranduba, Guaramirim, São João do Itaperiú e Barra Velha.

Cigerd

O Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres– Cigerd, deverá contar com mais de 20 órgãos trabalhando no mesmo espaço. O Centro faz parte do novo sistema de proteção e defesa civil que está em fase de implantação em Santa Catarina. A estrutura vai contar com o Centro de Monitoramento e Alerta, Meteorologia, Sistema de Hidrometeorologia, Geologia, Mapeamento de Áreas de Risco, Planos de Contingência, Planos de Ações Emergenciais, Gestão de Crise e Respostas a Desastres. A intenção da Defesa Civil é integrar os setores para o gerenciamento de crise. Com isso, garantir diminuição significativa de riscos para a população em uma situação de eventos adversos.

Matérias Relacionadas

Brasil

Planta unha-de-gato pode combater tumores, descobrem cientistas brasileiros

A planta está na lista medicinal do SUS há mais de 10 anos
Planta unha-de-gato pode combater tumores, descobrem cientistas brasileiros
Educação

Carregador de celular com energia solar é criado por alunos de 13 anos

Bruno Henrique Muniz Meira e Gabriel Guimarães Prates, ambos com 13 anos, estudam no 8º ano da Escola Estadual João Arruda Brasil
Carregador de celular com energia solar é criado por alunos de 13 anos
Geral

Brasileira selecionada para missão espacial poderá ser 1ª astronauta do país

Dos seis jovens escolhidos, entre profissionais de várias nacionalidades, cinco são mulheres
Brasileira selecionada para missão espacial poderá ser 1ª astronauta do país
Puchalski

Corupá vai sediar simulado para contingência de praga em banana

As atividades acontecerão em propriedades produtoras de banana onde os participantes executarão os procedimentos previstos para a contenção da doença. As ações desenvolvidas serão discutidas para posterior elaboração do relatório do Exercício Simulado.
Corupá vai sediar simulado para contingência de praga em banana
Ver mais de Geral