Imobiliária Coralli
Geral

Celesc registra o maior dano da história na rede elétrica estadual

A única forma de comunicação dos consumidores é através do aplicativo Celesc.

01 Jul 2020 - 11h22Por Da Redação
Celesc registra o maior dano da história na rede elétrica estadual -

A passagem do ciclone deixou um rastro de destruição em praticamente todas as regiões do estado, com ventos que ultrapassaram os 100km/h. Árvores, postes e placas caíram sobre a rede elétrica e provocaram problemas graves na distribuição de energia. Embora a Celesc estivesse preparada para a passagem do Ciclone com equipes de sobreaviso, os danos foram muito significativos.

Na noite de ontem (30), cerca de 1,5 milhão de unidades consumidoras (UCs) ficaram sem energia elétrica. Às 9h20 desta quarta-feira (01), cerca de 750 mil UCs continuam sem energia, número que pode oscilar, pois com o rompimento do cabo de fibra ótica da Oi, o sistema de telecomunicação da empresa foi atingido diretamente, bem como de outras distribuidoras que atendem o Sul do país. Por isso, não foi possível identificar os locais com defeito na rede de distribuição. A única forma de comunicação dos consumidores é através do aplicativo Celesc. 

Na região, conforme dados disponíveis no site da estatal, nesta manhã, o número de unidades consumidoras chega a quase 20,5 mil. Em Jaraguá são 9.745, Guaramirim 3.071, Schroeder 6.455 e Corupá 1.186. 

Neste momento, 300 equipes - compostas por cerca de 1,3 mil profissionais - trabalham para recuperar o sistema, mas o trabalho exige retirada de material pesado das redes e a previsão é que seja estendido por alguns dias em determinadas localidades. A Celesc está trabalhando para recompor 75% a 80% do sistema até o final desta quarta-feira. No interior o tempo de recomposição pode ser de dois a três dias.

A orientação é para que as pessoas fiquem em casa e não se aproximem de locais próximos a rede elétrica para evitar acidentes.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

FIESC e governo debatem ações conjuntas para saúde e infraestrutura no cenário de pandemia

“Os encontros buscam soluções conjuntas e propostas para o desenvolvimento do estado. É uma oportunidade para que o governo ouça o setor produtivo”, avalia Aguiar
FIESC e governo debatem ações conjuntas para saúde e infraestrutura no cenário de pandemia
Guaramirim

Rua Pedro Francisco Klein segue em obras

Agora, a equipe aguarda o tempo de cura do concreto para realizar a montagem da estrutura do pontilhão
Rua Pedro Francisco Klein segue em obras
Geral

WEG lança tinta à prova de Coronavírus

Composta por agentes antivirais nova tinta vai ajudar no combate à pandemia
WEG lança tinta à prova de Coronavírus
Saúde

Samae reforça as ações internas de combate ao coronavírus

De acordo com a presidente do Samae, Ana Carolina B. Silveira Figur, a preocupação é com a saúde dos servidores que atuam em todas as áreas do saneamento, já que o serviço é considerado essencial à população
Samae reforça as ações internas de combate ao coronavírus
Ver mais de Geral