Geral

Caso Ana Bely: mãe é indiciada por tortura

26 Mai 2011 - 19h28

O delegado Gustavo Henrique Gomes Baptista concluiu na quarta-feira o inquérito sobre a morte da pequena Ana Bely Lima de Freitas, de 1 ano e quatro meses, e decidiu indiciar a mãe dela, Sirlei de Lima, por tortura. A menina foi agredida e torturada e morreu dia 13 de maio, em Campo Alegre, no Planalto Norte. O padrasto dela, Luciano Antônio da Silva, foi indiciado pelos crimes de tortura e homicídio qualificado.

Segundo o delegado, a mãe da menina responderá por tortura na modalidade omissão, com pena prevista de 1 a 4 anos. Sirlei vai responder em liberdade e continua com a guarda dos filhos de 4 e 16 anos.

O delegado informou ainda que vários depoimentos ajudaram na conclusão do caso. Testemunhas relataram que viram marcas no corpo da pequena Ana Bely e teriam avisado a mãe. Segundo essas mesmas testemunhas, a mãe sempre inventava desculpas para justificar tais marcas. 

A NOTÍCIA

CLICRBS.COM

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Advogada explica sobre atendimento nas agências do INSS

Especialista comentou sobre as formas de contato com o Instituto Nacional do Seguro Social, por exemplo, central telefônica 135 e o canal Meu INSS, através da internet
Advogada explica sobre atendimento nas agências do INSS
Geral

Proteção Social Básica de Jaraguá do Sul apoia campanha "Faça Bonito"

Esta terça-feira (18), é o dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Geral

Homem do campo garante direitos e benefícios ao emitir Nota Fiscal

Documento é obrigatório na circulação de bens e materiais relacionados com as atividades, mercadorias e produtos de uma propriedade rural
Homem do campo garante direitos e benefícios ao emitir Nota Fiscal
Geral

Setor produtivo e parlamentares terão audiência com ministro da Infraestrutura

Em reunião semipresencial, nesta segunda-feira (17) representantes do COFEM e parlamentares debateram uma agenda conjunta de prioridades
Ver mais de Geral