Escritor catarinense Carlos H. Schroeder

Carlos H. Schroeder receberá Medalha Cruz e Sousa 2016

05 Out 2016 - 18h42
Carlos H. Schroeder receberá Medalha Cruz e Sousa 2016 -

O escritor catarinense Carlos Henrique Schroeder colherá no próximo mês mais um fruto em sua carreira: uma medalha. Schroeder, que nasceu em Trombudo Central, no Alto Vale do Itajaí, mas há dezesseis anos vive em Jaraguá do Sul, receberá a a maior honraria concedida pelo Estado na área cultural: a Medalha do Mérito Cultural “Cruz e Sousa”. Criada pelo Decreto 4.892/1994, é um prêmio simbólico concedido desde 1997 aos autores de obras literárias, artísticas, educacionais ou científicas relativas ao Estado de Santa Catarina e reconhecidas como de real valor, ou a quem tenha contribuído de modo eficaz para o enriquecimento ou a defesa do patrimônio artístico e cultural do Estado. A medalha será entregue em solenidade especial no dia 24 de novembro, no Cinema do Centro Integrado de Cultura/CIC, em Florianópolis.

“Fiquei surpreso, e muito feliz. Ser conhecido na sua terra é gratificante, pois meus livros se desenvolvem em Santa Catarina: o As fantasias eletivas (acaba de ser lançado na Espanha)  se passa em Balneário Camboriú, o História da chuva, em Jaraguá do Sul, Pomerode e Blumenau.” Schroeder é autor de Ensaio do vazio, adaptado para os quadrinhos, da coletânea de contos As certezas e as palavras (Editora da Casa), vencedora do Prêmio Clarice Lispector da Fundação Biblioteca Nacional e, do romance As fantasias eletivas (Record, 2014), em adaptação cinematográfica e lançado na Espanha. Publicou História da chuva (Record, 2015), obra contemplada pela bolsa Petrobras Cultural. Tem contos traduzidos para o inglês, alemão, espanhol e islandês.

Além de Schroeder, outras sete personalidades do meio cultural catarinense serão agraciadas: Aldo Baldin (música), in memoriam, Ana Lúcia Coutinho (cultura popular e patrimônio cultural), Dorvalina Scartazzini (música), Fátima Regina Althoff (patrimônio cultural), Jone Cezar de Araújo (artes visuais), Marli Cristina Scomazzon (letras) e Neyla Maria Baú Caramori (arte educação).


Os nomes foram escolhidos pelo Conselho Estadual de Cultura, que este ano contou com a contribuição do público, por meio de uma consulta eletrônica, e quinhentas e setenta e duas pessoas concorreram a honraria, de 52 municípios diferentes. O nome de Schroeder foi indicado pela Câmara Catarinense do Livro e referendado pelo conselho e pelo governo.

Matérias Relacionadas

Geral

Celesc prevê normalizar energia na região de Jaraguá do Sul até domingo

Ao vivo durante o Diário da Jaraguá o gerente regional da Celesc, Danilson Wolff, falou sobre os trabalhos que estão sendo realizados para normalizar o serviço na região.
Celesc prevê normalizar energia na região de Jaraguá do Sul até domingo
Geral

Bolsonaro vai sobrevoar regiões atingidas por ciclone

O governador de Santa Catarina Carlos Moisés confirmou que vai decretar estado de calamidade pública no estado por conta dos estragos.
Bolsonaro vai sobrevoar regiões atingidas por ciclone
IPVA

IPVA 2020: parcelamento em três vezes sem juros termina no dia 10 de julho

Em Santa Catarina, o tributo varia entre 1% e 2% do valor venal do veículo
IPVA 2020: parcelamento em três vezes sem juros termina no dia 10 de julho
Jaraguá do Sul

Auxílio-Cidadão atendeu mais de 2.450 famílias em junho

Programa é mantido com recursos da Prefeitura de Jaraguá do Sul
Auxílio-Cidadão atendeu mais de 2.450 famílias em junho
Ver mais de Geral