CMJS - Agosto
Saúde

Brasil avalia mas não suspende o uso do anticoncepcional Diane 35

01 Fev 2013 - 21h08
Brasil avalia mas não suspende o uso do anticoncepcional Diane 35 -
Brasil avalia mas não suspende o uso do anticoncepcional Diane 35

Apesar do anúncio de que a Agência de Segurança Nacional de Medicamento e Produtos de Saúde (ANSM) da França  vai suspender no país a autorização para comercializar a pílula anticoncepcional Diane 35 e seus genéricos, no Brasil a comercialização do produto permanece. De acordo com nota, divulgada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o caso está sendo acompanhado para avaliar quais medidas devem ser tomadas. Até o momento, o sistema de notificação da Anvisa não recebeu relatos de profissionais de saúde sobre o problema, conforme destaca a farmacêutica e bioquímica da Vigilância Sanitária de Jaraguá do Sul, Claudia Plácido Paes.

[jwplayer mediaid="65392"]

Para as mulher que fazem uso deste medicamento, Cláudia orienta procurar um médico caso desejar substituí-lo.

[jwplayer mediaid="65396"]

Em nota, a Bayer, empresa responsável pela produção do medicamento,  disse que está ciente do processo iniciado pela ANSM e que sempre colaborou de perto com as autoridades de saúde para trocar informações a pílula.


O texto destaca ainda que a empresa não tem conhecimento de qualquer nova evidência científica que leve a uma mudança na avaliação positiva do risco-benefício do Diane-35. A Bayer vai colaborar com a ANSM para responder quaisquer questões que a autoridade francesa possa ter.

JANICI DEMETRIO