Geral

Bombeiros tentam içar embarcação que afundou no Lago Paranoá

27 Mai 2011 - 11h01

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal retoma hoje a operação para içar o barco Imagination, que naufragou no último domingo no Lago Paranoá. No acidente, morreram nove pessoas e pelo menos 102 estavam na embarcação, quando a capacidade era para 94 - todas participavam de festa de confraternização de um bufê.

Ontem fracassou a primeira tentativa de içar o barco. Ontem à tarde, um grupo de 30 mergulhadores do Corpo de Bombeiros tentou içar o barco de cerca de 15 toneladas. Para resgatar a embarcação, foram amarrados quatro balões infláveis.

Com dois balões inflados, o barco mudou para a posição vertical, desejada pelos bombeiros, mas ainda não foi possível desencostar a parte traseira do fundo do lago. Os balões cheios acabaram entrando na embarcação. Os bombeiros informaram que hoje eles serão reposicionados.

Segundo o Corpo de Bombeiros, com a embarcação suspensa, ficará mais fácil para o rebocador içá-la. Os balões de flutuação infláveis estão sendo usados para girar o barco, que afundou com o casco voltado para cima e está a cerca de 17 metros de profundidade. A expectativa é que o barco, com a ajuda dos balões, volte sozinho à superfície.

As autoridades encerraram as operações de busca por vítimas, depois de concluir que não havia mais desaparecidos. A Polícia Civil já tomou 15 depoimentos. Os resultados das investigações devem ser divulgados em dois meses. As hipóteses sobre as causas do acidente, por enquanto, são de falhas no sistema de segurança, problemas na embarcação e superlotação.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Geral

Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae

Em segundo lugar estão as demandas através do aplicativo de celular (whatsapp) e por último os atendimentos presenciais
Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae
Ver mais de Geral