transito
GERAL

Boechat morreu em decorrência de politraumatismo, aponta laudo

16 Fev 2019 - 00h07Por Felipe Resk

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML). O piloto Ronaldo Quattrucci, de 56, também morreu no acidente que aconteceu na segunda-feira, 11.

O exame não apontou indícios de que Boechat inspirou fuligem ou fumaça antes de morrer, segundo o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito. "(Foi detectada) uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina (intoxicação por monóxido de carbono) no sangue, o que indica que a vítima já se encontrava em óbito antes da exposição ao gás", afirma o laudo.

De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal, "caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária". O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.

Matérias Relacionadas

Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Trânsito

Vandalismo ou tentativa de furto deixa ponte às escuras na região central de Jaraguá do Sul

Sistema foi religado de forma paliativa, há necessidade de refazer a instalação
Vandalismo ou tentativa de furto deixa ponte às escuras na região central de Jaraguá do Sul
Geral

Comboio de Jaraguá do Sul chega a Roca Sales

A equipe de servidores da Prefeitura, com máquinas e caminhões, chegou agora à tarde para ajudar nos trabalhos de reconstrução da região do Vale do Taquari
Comboio de Jaraguá do Sul chega a Roca Sales
Geral

Lula sanciona volta da cobrança do DPVAT, mas veta multa por não pagamento

Nova taxa prevê pagamento de serviços médicos a vítimas de acidentes
Lula sanciona volta da cobrança do DPVAT, mas veta multa por não pagamento
Ver mais de Geral