Imobiliária Coralli
Blumenau

Blumenau será sede do 2º Congresso Catarinense de Cidades Digitais

10 Mar 2017 - 19h40
A famosa Vila Germânica, em Blumenau, será o ponto de encontro de prefeitos, gestores e vereadores para tratar de tecnologia e inovação nos municípios do Estado. A Prefeitura de Blumenau e a Rede Cidade Digital (RCD) firmaram parceria para realização do 2º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, nos dias 22 e 23 de junho, evento que visa estimular o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação no desenvolvimento socioeconômico das localidades.

As inscrições para o evento já estão abertas e são gratuitas para servidores públicos. Elas podem ser feitas pelo http://congressosc.redecidadedigital.com.br.

Segundo o diretor da RCD, José Marinho, a escolha de Blumenau deve-se aos esforços e investimentos feitos ao longo dos últimos anos no sentido de ampliar a comunicação na localidade e melhorar o atendimento à população por meio da tecnologia. Além da participação e apresentação do modelo de cidade digital em diversos eventos da RCD no Sul do país, Blumenau foi sede de um encontro regional em 2015 direcionado para a região do Médio Vale do Itajaí, o qual reuniu representantes de 23 municípios.

A primeira edição do Congresso de Cidades Digitais de Santa Catarina aconteceu em Florianópolis, em junho de 2016, reunindo mais de 100 municípios e 400 pessoas, entre elas representantes de outros estados interessados em obter informações sobre como aprimorar os serviços públicos com tecnologia.

O diretor da RCD explica que os eventos promovidos pela iniciativa se diferenciam dos demais relacionados ao tema por aproximar-se mais da realidade dos municípios, com a apresentação de soluções práticas, cases e por propor melhorias tangíveis para a gestão pública, relacionando-se com as demandas reais do setor público e do perfil das cidades brasileiras. “Outro diferencial é de colocar em contato gestor público com gestor público, oportunizando a troca de informações e networking, além do acesso ao mercado fornecedor de tecnologia e interessado em levar soluções que visam eficiência da máquina municipal, aumento de arrecadação, redução de custos e o mais importante que é o de melhorar a vida das pessoas por meio da implantação de processos de cidade digital e inteligente”, frisa Marinho.

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Ver mais de Geral