Caraguá
Geral

Auditoria atesta a confiabilidade dos dados do Samae

06 Ago 2021 - 17h08Por Janici Demetrio
Auditoria atesta a confiabilidade dos dados do Samae - Crédito: Arquivo / Divulgação Crédito: Arquivo / Divulgação

Com a presença de representantes da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS), foi apresentado nesta quinta-feira (5), o resultado de uma auditoria nos dados que o Samae repassa ao Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). O SNIS reúne informações e indicadores sobre a prestação dos serviços de água, esgoto, manejo de resíduos sólidos e de águas pluviais, provenientes dos prestadores que operam no Brasil.

Porém, o caráter auto declaratório das informações, até então fornecidas pelos prestadores de serviço, faz com que não se tenha certeza acerca da confiança e da exatidão destes dados. Por isso, a portaria número 719, de 2018, instituiu a metodologia para auditoria e certificação de informações do SNIS. E Jaraguá do Sul foi escolhida para a aplicação do projeto ACERTAR, que visa o desenvolvimento de metodologias e certificação das informações.

Segundo o auditor Cesar Arenhart, após três meses de auditoria, os números revelaram que 88,2% das informações apresentaram certificação de 6 a 7 pontos.

“Isso comprova a fidelidade das informações e a qualidade dos processos adotados pelo Samae”, afirma.

O diretor geral da ARIS, Adir Faccio, disse que o Samae também se destaca quando o assunto é a transparência das informações.

“Isso facilita o trabalho da ARIS na auditoria dos dados, que serão disponibilizados para todo o país e internacionalmente”, elogiou.

A coordenadora de RH do Samae, Karina Tribess Stricker, considera que o processo ocorreu com tranquilidade, pois o trato com os dados no Samae já segue procedimentos que garantem a confiabilidade e a transparência dos números.

“Ninguém precisou se preparar, apenas buscar as informações quando solicitadas”, afirma.

Ao implementar as práticas indicadas, pretende-se que os prestadores reduzam os riscos, e previnam ou detectem potenciais erros e desvios.

“Informações mais confiáveis e precisas, farão com que a base de dados do SNIS seja utilizada para realização de comparações entre prestadores de maneira mais efetiva, com análises desenvolvidas a partir de variáveis com bons níveis de confiança e padronização”, completou Arenhart.

Para o diretor presidente do Samae, Ademir izidoro, os resultados apresentados pela auditoria, “comprava a fidelidade das informações e a qualidade dos processos que adotamos no Samae”, afirma.

Matérias Relacionadas

Geral

Duas cervejarias de Jaraguá do Sul entre as melhores do mundo

Premiação aconteceu em Londres. Veja rótulos que ganharam destaque:
Duas cervejarias de Jaraguá do Sul entre as melhores do mundo
Segurança

É falsa notícia sobre apreensão de carne de cachorro em SC

Fotos de cães presos em canis em condições precárias e em abatedouros foram compartilhadas em um aplicativo de mensagens
É falsa notícia sobre apreensão de carne de cachorro em SC
Geral

Mais três entidades recebem doações da VacinAção Solidária em Jaraguá

Desde o início, campanha já beneficiou mais de 30 diferentes entidades de Jaraguá do Sul com o repasse de mais de 49 toneladas de alimentos não perecíveis
Mais três entidades recebem doações da VacinAção Solidária em Jaraguá
Geral

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

Atuação na TV começa na década de 60 e tem personagens marcantes
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos
Ver mais de Geral