mosquito

Às vésperas do verão, aumento de chikungunya e mortes causam preocupação

07 Nov 2016 - 11h55
O aumento no número de casos de febre chikungunya e as 120 mortes confirmadas pela doença preocupam o Ministério da Saúde às vésperas do início do verão. Pesquisadores alertam para uma possível epidemia da doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, em regiões ainda pouco atingidas, como o Sudeste.

A chikungunya, que estava presente em 650 cidades brasileiras em 2015, já se espalhou para 2.248 municípios, até setembro deste ano. Mais de 216 mil casos prováveis foram notificados em todo o país, segundo o Ministério da Saúde.

No Nordeste, a incidência da doença em 2016 chegou a 368 casos a cada 100 mil habitantes. A maior concentração ocorreu no Rio Grande do Norte: 702 casos a cada 100 mil habitantes.

A chikungunya tem sintomas parecidos com os da zika ou da dengue, febre, manchas e dores intensas no corpo. No entanto, com mais frequência, se apresenta em uma versão mais grave. De acordo com os especialistas, pelo menos 20% dos casos são seguidos por inflamação nas juntas, artrose e artrite.

 

Uol Notícias

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Médicos alertam para pico da doença e necessidade de medidas de prevenção

Para os profissionais de saúde, aumento de casos é reflexo de atitudes contrárias às recomendações sanitárias
Médicos alertam para pico da doença e necessidade de medidas de prevenção
Política

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Resultado do exame realizado ontem saiu nesta terça-feira
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Santa Catarina

Ciclone em SC: Estado contabiliza prejuízos de R$ 277,8 milhões

Segundo dados da Defesa Civil, pelo menos 204 municípios registraram estragos em função do ciclone
Ciclone em SC: Estado contabiliza prejuízos de R$ 277,8 milhões
Jaraguá do Sul

Plano regional do turismo pós-pandemia será lançado virtualmente nesta quarta

A iniciativa busca promover ações integradas nas áreas de capacitação, comunicação, produtos turísticos e captação de recursos à retomada gradativa do setor de turismo, a serem implementadas a curto, médio e longo prazo
Plano regional do turismo pós-pandemia será lançado virtualmente nesta quarta
Ver mais de Geral