Geral

Arrecadação bate recorde e chega a R$ 116 bilhões em janeiro

25 Fev 2013 - 14h15

A arrecadação de impostos e contribuições federais bateu novo recorde com alta real de 6,59% [corrigido pela inflação] em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2012, totalizando, em termos nominais, R$ 116,066 bilhões.


De acordo com informações divulgadas pela Receita Federal, influenciaram o resultado de janeiro, entre outros fatores, o pagamento da primeira cota ou cota única do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) relativo à apuração do último trimestre do ano anterior e a antecipação de pagamentos, em janeiro de 2013, do ajuste anual também desses tributos referente ao lucro obtido no ano anterior.

Outro fator foi o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos, entre eles, o crescimento das vendas de bens e serviços (5%), o crescimento da massa salarial (11,88%) e o valor em dólar das exportações (9,46%). Por outro lado, houve queda na produção industrial de 3,55%.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Geral

Governo destinará R$ 500 milhões para proteger mata nativa da Amazônia

Programa Floresta+ começa com projeto-piloto no Norte do país
Governo destinará R$ 500 milhões para proteger mata nativa da Amazônia
Variedades

Além de eclipse, julho terá chuva de estrelas cadentes

Para assistir, a dica é olhar para o leste
Além de eclipse, julho terá chuva de estrelas cadentes
Saúde

Felicidade produz serotonina capaz de reduzir infecções no intestino: estudo

A descoberta é de um estudo da Universidade Southwestern, dos EUA
Felicidade produz serotonina capaz de reduzir infecções no intestino: estudo
Corupá

População poderá utilizar espaços públicos neste final de semana em Massaranduba

A Prefeitura de Massaranduba ressalta a importância das medidas de prevenção contra o coronavírus, necessárias nesse momento
Ver mais de Geral