Campeonato Catarinense 2020
Geral

Anatel cogita reverter multa a operadoras em investimentos no setor

20 Fev 2013 - 17h10

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, sinalizou hoje (20) com a possibilidade de as multas aplicadas às empresas que não prestaram serviços adequados serem revertidas em obrigações de novos investimentos no setor. A proposta será apresentada na consulta pública que discutirá mudanças na metodologia de aplicação das multas. Ainda não há previsão de data para votação da matéria.


"Colocaremos sete metodologias de aplicação de multa em debate. Entre elas, a possibilidade de reverter as multas em investimentos, mas só em março isso só deverá ser colocado em consulta pública", disse João Rezende, durante o Seminário Políticas de (Tele)comunicações, ao apresentar as reestruturações previstas para a agência em 2013.

Recentemente, a Anatel multou as empresas Telefônica Brasil (atual Vivo) em R$ 3,9 milhões pelo descumprimento de metas de qualidade na telefona fixa; a Telemar Norte Leste (atual Oi) em R$ 4,6 milhões por descumprimento de metas previstas no Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) para a telefonia fixa; e a  Oi em R$ 34,2 milhões por descumprimento de metas de qualidade  telefonia móvel.

Segundo Rezende, a Anatel precisa se adequar a um cenário de convergência entre os serviços de telecomunicações. "Nossa intenção é fazer essas discussões de forma mais transparente", acrescentou.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Economia

Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até o dia 22

Saque imediato do FGTS criou problema em sistema de ministério
Seguro-desemprego em atraso deve ser liberado até o dia 22
Santa Catarina

Verão Santa Catarina: números mostram que a estação é destaque na economia do estado

Em Santa Catarina, são esperados em torno de 5 milhões de visitantes na temporada 2019/20
Verão Santa Catarina: números mostram que a estação é destaque na economia do estado
Saúde

Mais de 10 macacos morreram com suspeita de febre amarela na região em 2020

Na microrregião foram contabilizados 12 casos no ano, sete em Jaraguá e cinco em Massaranduba
Mais de 10 macacos morreram com suspeita de febre amarela na região em 2020
Femusc

Femusc tem apresentações diárias para todos os gostos

Com alunos de 21 países e mais de 150 apresentações, o Festival de Música de Santa Catarina comemora, em 2020, 15 anos de existência
Femusc tem apresentações diárias para todos os gostos
Ver mais de Geral