Eleições 2020
Senai

Alunos do SENAI/SC disputam provas de robótica móvel e softwares ambientais

01 Dez 2016 - 12h33
Alunos do SENAI/SC disputam provas de robótica móvel e softwares ambientais -
Durante o ano, estudantes dos cursos técnicos da instituição foram desafiados a realizar projetos relacionados com sua área de formação, cujos resultados serão apresentados na competição de sábado. Os robôs terão que se movimentar em uma pista com obstáculos. Na outra prova, os alunos apresentarão aplicativos de dispositivos móveis voltados à sustentabilidade. O evento será realizado a partir das 14 horas, no Jaraguá do Sul Park Shopping.

O SENAI Challenge tem o objetivo de aprimorar a qualidade dos cursos da instituição e promover o desenvolvimento de competências por meio de situações reais da indústria. “O foco do desenvolvimento dos projetos é a contextualização com as exigências atuais da indústria, por meio de atividades práticas”, explica o diretor técnico do SENAI/SC, Maurício Cappra Pauletti. A iniciativa foi lançada este ano e, além das duas modalidades em disputa em Jaraguá do Sul, teve o do kart elétrico, cuja prova de encerramento foi no sábado passado, em São José.

Robótica Móvel


No caso da robótica móvel, o desafio foi o desenvolvimento de um robô autônomo, com tamanho padrão 40 cm x 50 cm. Ele deverá transportar uma peça em um trajeto pré-determinado, passando por escada, gangorra, rampa e parede. Os robôs foram construídos em madeira ou metal e as equipes adquiriram o motor e a unidade de controle. Cada equipe faz a programação do seu robô. Participam dez equipes do curso técnico em mecatrônica do SENAI em Chapecó, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages e Rio do Sul. A Neoyama doou componentes eletrônicos para as equipes.

Soluções Digitais


Estudantes de cursos técnicos em informática, informática para internet e em programação de jogos digitais foram desafiados a softwares para ambientes industriais ou residenciais, com foco em sustentabilidade. As equipes apresentarão sistemas gameificados, de caráter educativo, de orientação sobre locais de recolhimento de lixo ou simuladores de consumo de água e energia elétrica. Um grupo da unidade de São José desenvolveu uma maquete que, com auxílio de sensores, interage com softwares, dentro do conceito da internet das coisas. Uma das equipes de Blumenau desenvolveu um aplicativo para alertas ou denúncias de infrações ambientais, como o desmatamento de nascentes. E representantes de Tubarão criaram um sistema que possibilita o controle de consumo de água, em parceria com a concessionária de água e saneamento de Jaguaruna. No total, são 20 equipes das unidades do SENAI em Blumenau, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, São Miguel do Oeste e Tubarão. Este desafio tem o apoio da Acate Vertical Games & Apps.

 

Matérias Relacionadas

Saúde

Campanhas de Multivacinação e Vacinação contra a Poliomielite terminam na sexta

Até o momento, Santa Catarina conseguiu vacinar na Campanha contra a Poliomielite metade do total de crianças com idade entre 1 e menos de 5 anos que deveriam ser vacinadas
Campanhas de Multivacinação e Vacinação contra a Poliomielite terminam na sexta
Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Educação

PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado

O processo seletivo se destina ao preenchimento de 300 vagas para o 6° ano, sendo 60 vagas para cada município
PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado
Geral

Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos

A afirmação foi feita na sexta-feira (23) durante reunião on-line da diretoria da FIESC com o deputado federal Laércio Oliveira, relator do texto aprovado na Câmara
Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos
Ver mais de Geral