GERAL

Alteração em decreto prevê penas mais severas para feminicídio

20 Dez 2018 - 16h34Por Patrícia Osandón, especial para a AE

A pena do feminicídio foi aumentada de um terço até a metade se o crime for praticado contra pessoa menor de 14 anos, maior de 60 anos, com deficiência ou portadora de doenças degenerativas que acarretem condição limitante ou de vulnerabilidade física ou mental. A alteração no Decreto-Lei nº 2.848/1940 (Código Penal), foi publicada nesta quinta-feira, 20, no Diário Oficial da União (DOU).

Além disso, a mudança, estabelecida pela Lei nº 13.771, estipula que a pena do feminicídio aumentará para o mesmo tempo se o crime for praticado na presença física ou virtual de descendente ou de ascendente da vítima.

Constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher, se determinadas medidas da Lei nº 11.340/2006 forem descumpridas, como afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a vítima, a pena do feminicídio também aumentará.

O Diário Oficial da União (DOU) de hoje publica, ainda, outra lei voltada para a garantia dos direitos da mulher. A Lei nº 13.772 "reconhece que a violação da intimidade da mulher configura violência doméstica e familiar e criminaliza o registro não autorizado de conteúdo com cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo e privado".

Conforme a Lei nº 13.772, será punido com detenção de seis meses a um ano, e multa, quem produzir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, conteúdo com cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo e privado sem autorização dos participantes. A mesma pena será aplicada a quem realizar montagem em fotografia, vídeo, áudio ou qualquer outro registro com o fim de incluir pessoa em cena de nudez ou ato sexual ou libidinoso de caráter íntimo.

Matérias Relacionadas

Geral

Samae fará ligação de água no loteamento Jaime Osmar Mann

Instalação será feita em no máximo 40 dias, segundo a Autarquia
Samae fará ligação de água no loteamento Jaime Osmar Mann
Geral

Parque de Eventos vai receber o nome de Ademar Frederico Duwe

Duwe, que faleceu na madrugada do dia 11 de março, aos 82 anos de idade, foi empresário e político de destaque em Santa Catarina, chegando a ser deputado estadual constituinte e vice-prefeito de Jaraguá do Sul
Parque de Eventos vai receber o nome de Ademar Frederico Duwe
Economia

ACIJS completa 83 anos e apresenta nova plataforma digital a associados e comunidade

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul ACIJS completa nesta terça-feira (22) 83 anos desde sua fundação em 22 de junho de 1938.
ACIJS completa 83 anos e apresenta nova plataforma digital a associados e comunidade
Geral

Campanha de Inverno da Celesc estimula o consumo consciente de energia 

A ação apresenta dicas para que a população economize na conta de luz, por meio de mudanças de hábitos diários que impactam no consumo
Ver mais de Geral