segunda, 15 de julho de 2019 - 21h33
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Cuidado na água

Altas temperaturas atraem banhistas para rios impróprios na região

29 Dez 2012 - 13h27

Este verão está sendo marcado por dias quentes, o que leva ao maior número de pessoas a se refrescarem em piscinas, rios, praias, lagos e açudes. No entanto, é nesse período que cresce a incidência de casos de afogamento, uma vez que locais impróprios para o banho e fora das recomendações de segurança contribuem para a estatística. Para que a diversão seja completa, o recomendado é usufruir de ambientes controlados, ou seja, aqueles que oferecem segurança e informações acerca do espaço utilizado para o lazer. Conforme explica o Bombeiro Voluntário de Guaramirim, Joanes Spézia, que ressalta que a segurança é primordial para que não haja imprevistos na água.

[jwplayer mediaid="66284"]

Spézia alerta que os rios da região não são apropriados para banhos.

[jwplayer mediaid="66288"]

De acordo com o bombeiro, a média de afogamento na microrregião é de três a quatro casos por ano.  Ele orienta quais devem ser os procedimentos em casos de resgate de uma vítima.

[jwplayer mediaid="66286"]