quarta, 17 de julho de 2019 - 03h22
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Sessão

Além da queda no preço das passagens vereadores querem a volta da gratuidade dos passageiros de 60 a 64 anos

27 Fev 2013 - 13h09

Uma sessão acalorada é o que pode se chamar a reunião na Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira (25). A redução no preço da passagem do transporte coletivo foi um dos assuntos debatidos em plenário. Para Arlindo Rincos além de redução no preço das passagens é preciso voltar a oferecer o transporte gratuito para as pessoas de 60 a 64 anos. Medida apoiada por Jair Pedri que sugeriu buscar na Justiça essa gratuidade nem que seja por força de liminar. O vereador Jeferson de Oliveira saiu em defesa da empresa alegando que primeiro é preciso oferecer estradas em boas condições para depois cobrar um serviço melhor. Foi aí que João Fiamoncini elevou o tom e disse que é preciso mais respeito aquelas pessoas que no dia a dia utilizam esse meio de transporte por vezes super lotado e com poucas linhas.


Outro assunto bastante discutido foi quanto à pavimentação asfáltica, segundo Jair Pedri, o material utilizado para a compactação depois das valas é de péssima qualidade e por isso o asfalto está cedendo. Ademar Braz Winter concordou. Também foi cobrado para que, durante a instalação da rede coletora também seja trocada a tubulação de água com encanamentos antigos e por isso, no entendimento de alguns vereadores, estaria rompendo com frequência. Também foi sugerido que a Prefeitura faça a limpeza de terrenos baldios e mande a conta para o proprietário. A vereadora Natália Petri sugere até uma audiência pública para tratar do assunto.

 Nem uma simples nomeação de rua escapou da polêmica. Foi aprovado ontem por indicação de Natália Petri a nomeação da estrada geral de Ribeirão Grande do Norte de Quirino Lunelli, mas no final da sessão apareceu o presidente da Associação de Moradores do bairro com um abaixo assinado pedindo para mudar o nome da rua para Parteira Dona Bela e promete fazer barulho se o nome não for mudado. O projeto vai à segunda votação na próxima quinta-feira.

SÉRGIO LUIZ

Odontocop - Julho