Eleições 2020
aleitamento materno

Agosto é mês de incentivo ao aleitamento materno

29 Jul 2016 - 19h08

As atividades fazem parte da campanha Agosto Dourado, iniciada em 1992 pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno e que hoje é realizada em mais de 150 países. A Semana Mundial de Aleitamento Materno é promovida de 1º a 7 de agosto e, em Jaraguá, terá duas atividades principais.

Imobiliária Coralli


Uma palestra organizada pelo Grupo Condutor Municipal da Rede Cegonha voltada a gestantes, lactantes, pais, profissionais de saúde e pessoas interessadas, com o tema “Amamentação: uma chave para o desenvolvimento sustentável”, às 14 horas de quarta-feira (3), na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. E a “Hora do Mamaço”, organizada pelo Grupo Aleitamento Materno Solidário (AMS Brasil), com coordenação da naturóloga Fernanda Fock. A Hora do Mamaço será realizada no Sesc, bairro Czerniewicz, às 10 horas de sábado (6), quando as mulheres em aleitamento materno são convidadas a amamentar seus bebês em público, mostrando a beleza e a importância do ato. Durante todo o mês de agosto, profissionais de saúde usarão na roupa um lacinho dourado, lembrando a importância do aleitamento materno. As unidades de saúde expõem cartazes sobre o tema e os funcionários intensificam as orientações sobre a amamentação.


Vantagens do aleitamento materno

Evita mortes infantis, diarreia, infecção respiratória. Diminui o risco de alergias, de hipertensão, de colesterol alto e diabetes. Reduz a chance de obesidade, garante melhor nutrição. Tem efeito positivo na inteligência, auxilia no desenvolvimento da cavidade bucal, ajuda na prevenção do câncer de mama. Proporciona menores custos financeiros e promove o vínculo afetivo entre mãe e filho.

De acordo com o Ministério da Saúde, o aleitamento materno é uma das medidas mais efetivas para evitar a mortalidade infantil. Estima-se que a amamentação poderia evitar 13% das mortes em crianças menores de cinco anos em todo o mundo, por causas preveníveis.

Números

Dados da pesquisa de prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e Distrito Federal de 2009 apontam que:
-67,7% dos bebês mamaram na primeira hora de vida;
-a prevalência do Aleitamento Materno Exclusivo (AME) em menores de seis meses foi de 41% no conjunto das capitais;
-a duração média do AME foi de 54,1 dias ou 1,8 meses
-a duração média do aleitamento materno (não exclusivo) foi de 341,6 dias ou 11,2 meses
-para o total das crianças menores de 12 meses analisadas, foi frequente o uso de mamadeira, 58,4%, e de chupeta, 42,6%

Matérias Relacionadas

Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Mundo

Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição

Além de fazer imagens, a missão pretende coletar areia obtida em solo
Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição
Geral

Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias

A empresa é alvo de polêmicas relacionadas à tecnologia 5G
Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias
Segurança

Mais de 2 mil embalagens com drogas são incineradas em Jaraguá do Sul

A droga foi incinerada em um forno de olaria que atinge de 800 a 1000ºC
Mais de 2 mil embalagens com drogas são incineradas em Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral