transito
Geral

Aeroportos de Buenos Aires reabrem com restrição

25 Jun 2011 - 12h02

A Anac (Administração Nacional de Aviação Civil) da Argentina informou que os aeroportos de Ezeiza, na região metropolitana, e no Aeroparque, na região central de Buenos Aires, foram reabertos na noite desta sexta-feira, mas os voos continuam restritos.


Após reunião do comitê de crise, o último relatório do SMN (Serviço Meteorológico Nacional) informou que "a visibilidade está reduzida a 8 km devido à presença de cinzas vulcânicas emitidas pelo vulcão chileno Puyehue sobre a área do centro do país". A nuvem vulcânica voltou ao céu da capital argentina no final desta tarde.

O órgão argentino informou ainda que "o fenômeno e as condições de segurança operacional estão sendo avaliados permanentemente". A Anac também recomendou aos passageiros, com viagem marcada que entrem em contato com a companhia aérea contratada antes de se dirigir ao aeroporto.

"Os prognósticos iniciais para domingo são positivos, já que os ventos soprarão para o Pacífico", diz nota.

Ao menos 13 voos saídos da Argentina foram cancelados hoje no Uruguai devido à nuvem de cinzas do vulcão. Hoje foram suspensos cinco voos para Buenos Aires e Rosário, das companhias Pluna, Aerolíneas Argentinas e Sol, ao mesmo tempo em que oito voos procedentes da capital argentina --da Pluna e Aerolíneas-- também foram cancelados.

No Brasil, a companhia aérea LAN informou que cancelou os voos desde e para Buenos Aires. "A companhia não operará este destino até que as condições climáticas permitam. Espera-se uma possível redução de cinzas para amanhã [25], após às 11h", diz o comunicado.

No aeroporto internacional de Ezeiza, três voos previstos para a tarde de hoje foram reprogramados para sábado (25): um da Qatar Airlines rumo a São Paulo, outro da United para San Francisco, e um da American Airlines para Miami.


O aeroporto de Bariloche (sul), situado a 100 km do vulcão Puyehue, permanecerá fechado até o dia 1º de julho, do mesmo modo que o terminal aéreo de Neuquén, também na Patagônia argentina.

Desde a erupção do Puyehuye, no dia 4, as cinzas vulcânicas já resultaram em cancelamentos de voos na Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile, Austrália e Nova Zelândia. O vulcão ainda segue ativo.

FOLHA.COM



Matérias Relacionadas

Geral

"Guaramirim, cidade limpa" - terceira etapa da ação ocorre no fim de semana

Desde o início da campanha, mais de 100 toneladas de entulhos já foram recolhidas.
"Guaramirim, cidade limpa" - terceira etapa da ação ocorre no fim de semana
Geral

Enchentes paralisaram 63% das indústrias gaúchas, revela pesquisa

Apesar dos impactos, 64,2% das empresas vão manter local de sedes
Enchentes paralisaram 63% das indústrias gaúchas, revela pesquisa
Economia

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto

Valores variam conforme número de dias trabalhados no ano-base 2022
Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto
Geral

Narrador de futebol é internado na UTI após cair de cabine durante transmissão de jogo em SC

Queda ocorreu de uma altura de aproximadamente quatro metros
Narrador de futebol é internado na UTI após cair de cabine durante transmissão de jogo em SC
Ver mais de Geral