Caraguá
Incêndio

Acusados pelo incêndio na Boate Kiss vão a júri popular

28 Jul 2016 - 12h19
A Justiça de Santa Maria decidiu nesta quarta-feira, 27, que os réus do processo criminal pelo incêndio na Boate Kiss serão levados a júri popular. O tribunal a ser formado por sete jurados da cidade decidirá se os sócios do estabelecimento, um músico e o produtor da banda Gurizada Fandangueira são responsáveis pela morte de 242 pessoas e pelos ferimentos causados a outras 636.

A decisão tomada pelo juiz Ulysses Fonseca Louzada, da 1.ª Vara Criminal, ocorreu três anos e seis meses após a madrugada trágica na cidade gaúcha. Os réus Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann – dois dos sócios da boate –, o músico Marcelo de Jesus dos Santos e o produtor Luciano Augusto Bonilha Leão serão julgados por homicídios duplamente qualificado consumado 242 vezes e tentado 636 vezes.

Chamas. Na madrugada de 27 de janeiro de 2013, ocorria na boate uma festa universitária, com show da banda Gurizada Fandangueira. Durante a apresentação, o grupo usou um tipo de fogo de artifício, conhecido como “chuva de prata”, que atingiu o teto da danceteria, dando início ao incêndio. Informações do jornal O Estado de São Paulo.

 

Matérias Relacionadas

Geral

Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo

Veja como votar
Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo
Geral

Morre o empresário Renato Trapp, presidente da Trapp Metalúrgica de Jaraguá

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul emitiu nota de pesar
Morre o empresário Renato Trapp, presidente da Trapp Metalúrgica de Jaraguá
Geral

Evento online quer potencializar recursos de incentivos fiscais a projetos sociais em SC

O tema será abordado pelo assessor de Responsabilidade Social da FIESC, Sandro Volpato Faria, e pela líder do programa Fundo Social, Andressa Mongruel Martins Vicenzi
Economia

Governo libera Fintechs a realizarem antecipação de até 5 ciclos do saque-aniversário do FGTS

A Jooy Digital, localizada em Jaraguá do Sul, é uma fintech de soluções digitais e desde junho, já realizou a antecipação de aproximadamente 4.700 clientes
Governo libera Fintechs a realizarem antecipação de até 5 ciclos do saque-aniversário do FGTS
Ver mais de Geral