Imobiliária Coralli
Júri Popular

Acusados de homicídio em 2011 serão julgados hoje

01 Nov 2016 - 09h04
O primeiro terá no banco dos réus, Eduardo Rauny Patucci e Cristina Carina Fontana, acusados da morte de Ezequiel de Oliveira. O homicídio ocorreu em 9 de julho de 2011. Na época, a vítima estava com 29 anos e ambos os presos acusados do crime, com 22 anos.

 

Relembre o caso

Em 11 de junho de 2011, policiais receberam informação de que um corpo havia sido encontrado numa residência dos fundos na rua João Planincheck, bairro Nova Brasília. O perito que esteve no local, em análise preliminar, estimou que o corpo estivesse sem vida há mais de 48 horas. Informações levantadas por policiais civis davam conta de que uma festa teria acontecido no local na madrugada do dia 10 e após discussão e briga todos os participantes saíram do local rapidamente.

Policiais apuraram que Cristina Carina Fontana havia se desentendido com a vítima e quando estava se retirando do local com mais três indivíduos, a Ezequiel os seguiu para tirar satisfação. Momento em que Cristina, Eduardo Rauny Patucci e Edson da Silva Ilek correram atrás da vítima – que retornou para tentar se refugiar no local da festa e lá acabaram por matar Ezequiel com pauladas de sarrafo nas costas e cabeça.

Cristina e Patucci foram presos e encaminhados ao Presídio Regional. Ilek ficou foragido, mas também foi preso e já foi julgado, num processo que foi desmembrado pela Justiça. O júri ocorreu em fevereiro de 2014 e Edson Ilek, de 24 anos, foi condenado a 14 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado.

Mutirão

Durante todo o mês de novembro, os tribunais de Justiça participarão de uma mobilização nacional do sistema de Justiça brasileiro para levar a julgamento acusados de crimes dolosos contra a vida, ou seja, homicídios e tentativas de homicídio. A iniciativa é dos órgãos integrantes da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública, que une Conselho Nacional de Justiça, Conselho Nacional do Ministério Público e o Ministério da Justiça.

Jaraguá do Sul deve aderir à ação e pelo menos três julgamentos já foram agendados para o próximo mês. O Tribunal do Júri deve se reunir nos dias 1º, 8 e 10 de novembro, no Fórum da Comarca local. Outros três julgamentos estão agendados para este mês.

Em Guaramirim, a Comarca não aderiu à iniciativa.

 

 

 

Matérias Relacionadas

Geral

Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder

O fato ocorreu devido a manutenção em uma comporta da barragem do Primeiro Salto da Usina Bracinho. Segundo a Celesc, ao perceber a vasão do material, os trabalhos foram suspensos
Lodo no rio Bracinho prejudica abastecimento de água em Schroeder
Saúde

Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro

Em Corupá, 65% das crianças se vacinaram contra a Poliomielite
Campanha da Multivacinação segue até o dia 30 de outubro
Saúde

Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19

O ministro afirmou que o Brasil terá vacinas seguras, todas registradas pela Anvisa
Governador de SC participa de webconferência com ministro da Saúde sobre vacinas contra Covid-19
Santa Catarina

Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul

O hasteamento da Bandeira Azul assegura aos visitantes mais informações sobre os locais, qualidade da água e ações de educação ambiental
Santa Catarina aumenta o número de certificações no Programa Bandeira Azul
Ver mais de Geral