105 Ouça
Católica SC

Acadêmicos fazem programa para fiscalizar detentos em prisão domiciliar

28 Out 2016 - 09h37
Acadêmicos fazem programa para fiscalizar detentos em prisão domiciliar -

O programa poderá ser usado pela Polícia Militar de Jaraguá do Sul no controle da localização dos detentos do regime aberto do Presídio Regional.


Atualmente, os policiais militares que fazem a fiscalização dos presos que cumprem regime domiciliar, são obrigados a preencher documentação manualmente e avaliam se eles estão obedecendo aos horários de saída e volta para casa, estipulados pela Justiça. Os relatórios são preenchidos à mão e os dados, depois, tabulados no Batalhão, sendo entregues pessoalmente no Fórum da Comarca. Com o sistema proposto e cujo convênio já foi assinado na metade ano, tudo será feito eletronicamente, através do tablet que o PM usa na rua. Dali, os dados serão enviados diretamente ao juiz.

Também contará com vários serviços para facilitar as visitas, como: a ficha completa de cada preso, com dados pessoais e foto; o grau de periculosidade do detento, indicado pelas cores verde, amarelo e vermelho; um quadro informando quais foram ou não visitados recentemente; e um mapa com a localização exata das casas dos presidiários.

O coordenador do Curso de Sistemas de Informação, Maurício Henning, explica que, hoje, a Polícia Militar precisa consultar vários sistemas diferentes para obter informações sobre o histórico dos presos. Com o programa, será possível centralizar esses dados, agilizando a pesquisa.

Se o detento não estiver em casa nos horários determinados para o cumprimento da pena, por exemplo, o policial militar preenche um relatório que ficará disponível no sistema, junto com as outras informações sobre o presidiário. Depois, esse documento é encaminhado ao juiz, que pode ordenar a regressão da pena do preso para o regime fechado, por causa do descumprimento das regras.


A previsão é que o sistema fique pronto até o final do ano e seja utilizado em fase de testes pela Polícia Militar por cerca de dois meses antes de ser adotado de forma definitiva.


GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Começa a Compra Premiada em Guaramirim

Ação vai distribuir R$ 42 mil em prêmios
Começa a Compra Premiada em Guaramirim
Geral

Navegantes não terá a Navegay em 2022

No ano passado, na 42ª edição, cerca de 200 mil pessoas aproveitaram a festa.
Navegantes não terá a Navegay em 2022
Saúde

Posto de Saúde do João Pessoa terá Farmácia Básica a partir de quarta-feira

Unidade terá os mesmos medicamentos oferecidos nas outras quatro farmácias básicas do município
Posto de Saúde do João Pessoa terá Farmácia Básica a partir de quarta-feira
Geral

Fujama captura maior espécie de cobra do Norte de SC em Jaraguá

Cobra tem cerca de um metro
Fujama captura maior espécie de cobra do Norte de SC em Jaraguá
Ver mais de Geral