CMG - Setembro
Geral

Academia ao ar livre foi desativada para manutenção nos aparelhos que não resistiram

07 Fev 2013 - 11h33

Quando foi entregue para a comunidade em dezembro de 2012, a academia ao ar livre instalada na Rua Inocenta Vicenzi Rosá no Bairro Barra do Rio Cerro, foi motivo de comemoração. Os moradores reclamavam da falta de um local público para a prática de esporte e lazer. Mas a empolgação durou pouco. Ontem pela manhã os seis equipamentos foram retirados. O mau uso e atos de vandalismo danificaram vários aparelhos que foram levados para reparos.


O presidente da associação de moradores do bairro, Carlos Nilsen, foi quem comunicou a empresa que fabricou e instalou os equipamentos, a situação. Ele disse que alguns aparelhos estavam com as soldas trincadas e oferecendo risco para os freqüentadores da academia.

[jwplayer mediaid="65133"]

Ele reconhece que também ocorrem atos de vandalismo no local. Uma das providências, será pedir rondas mais frequentes da Polícia Militar. E disse que será instalada do um poste de iluminação e uma câmera de monitoramente.

A responsável pelo setor administrativo da empresa que fabrica os equipamentos, Inês Dalmann, garantiu que até sexta-feira, 8, a academiar ao ar livre será montada novamente. Mas que é preciso fiscalizar e usar corretamente a academia. Ela disse que os aparelhos estão na garantia, mas como se trata de vandalismo e uso inadequado, a garantia não cobre.

O presidente da fundação municipal de esportes, Jean Carlo Leutprecht, disse que um levantamento está sendo feito de todas as áreas de lazer e academias ao ar livre do município. Após isso, será feito um plano de manutenção e limpeza desses espaços. Ele ressalta, no entanto, que é responsabilidade das associações de moradores, zelar por esses espaços coibindo atos de vandalismo. Outra problema, segundo ele, foi a maneira como essas academias foram instaladas.

[jwplayer mediaid="65137"]

E não descarta a retirada dos aparelhos, onde não há o cuidado necessário com as academias ao ar livre.

[jwplayer mediaid="65135"]

De acordo com o presidente da fundação de esportes, só na última terça-feira,5, foram seis pedidos de novas academias. De acordo com os registros encontrados da fundação, existem 58 campinhos e parques de diversão no município, e mais nove academias ao ar livre.

SÉRGIO LUIZ / ROGÉRIO TALLINI

Matérias Relacionadas

Economia

Intenção de consumo das famílias cresce 0,3% em setembro, diz CNC

Foi a segunda alta consecutiva do indicador, que atingiu 92,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o melhor resultado desde fevereiro (98,5 pontos)
Intenção de consumo das famílias cresce 0,3% em setembro, diz CNC
Educação

Estudantes de escola pública criam app para ensinar Libras

A ideia surgiu depois da chegada de dois alunos surdos à turma do 4º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Arnaldo Grin
Estudantes de escola pública criam app para ensinar Libras
Geral

Brasileira vence prêmio da ONU por purificar água com radiação solar

O Aqualuz é um filtro inovador que purifica a água da chuva coletada por cisternas instaladas em áreas rurais, onde a água filtrada não é acessível
Brasileira vence prêmio da ONU por purificar água com radiação solar
Santa Catarina

IMA define cronograma de ações para recuperar área queimada no Parque da Serra do Tabuleiro

Além disso, também está programada a continuidade do trabalho de retiradas de pinus do Parque, principalmente, da região atingida pelo fogo
IMA define cronograma de ações para recuperar área queimada no Parque da Serra do Tabuleiro
Ver mais de Geral