SUS

3 em cada 10 planos de saúde não pagam nem 1% da dívida com SUS

23 Ago 2016 - 13h17
Cerca de 30% das operadoras de planos de saúde alvos de cobrança de ressarcimento por atendimentos feitos a seus usuários no SUS (Sistema Único de Saúde) ainda não pagaram nem 1% do valor que devem à rede pública.

Os dados, de 2001 para cá, foram tabulados pelaFolha a partir de planilha da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), órgão regulador e responsável por exigir esse valor de volta ao SUS.

A cobrança ocorre todas as vezes em que a agência, por meio de cruzamento de dados do Ministério da Saúde, verifica que um paciente foi atendido na rede pública para um serviço que poderia obter na rede suplementar –ou seja, dentro do que foi contratado com o seu plano de saúde.

Desde 2001, quando iniciou o monitoramento, até julho deste ano, foram cobrados R$ 2,1 bilhões de ressarcimento ao SUS por esses atendimentos. Na prática, 40% desse valor não foi pago nem parcelado para recebimento futuro, o equivalente a R$ 826 milhões (em valores nominais).

 

As informações são do jornal Folha de São Paulo.

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Radar meteorológico não será mais instalado em Jaraguá do Sul

Um dos fatores para a decisão, de acordo com o coordenado regional da Defesa Civil, Osvaldo Gonçalves, foi a indefinição sobre a propriedade do local onde o instrumento seria instalado, no Morro Boa Vista
Radar meteorológico não será mais instalado em Jaraguá do Sul
Geral

Madeira de árvores derrubadas pelo ciclone podem ser usadas no reparo dos danos

Em caráter excepcional, a norma, elaborada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA), levou em consideração a necessidade de material de construção, em especial de madeira
Madeira de árvores derrubadas pelo ciclone podem ser usadas no reparo dos danos
Segurança

Idoso armado com foice ameaça mulheres no Vila Lalau

Idoso armado com foice ameaça mulheres no Vila Lalau
Segurança

Homem esquece chave na ignição e moto desaparece em Jaraguá

O homem chamou a polícia às 4h35 desta terça-feira (7)
Ver mais de Geral