Geral

Santa Catarina lança programa inédito para descarte correto de resíduos

Com o lançamento, Santa Catarina torna-se o primeiro estado brasileiro a fazer a articulação da Logística Reversa, atuando como mediador entre os comerciantes, administração municipal e população para o descarte adequado, e as entidades gestoras que reali

16 Dez 2019 - 18h10Por Da Redação
Santa Catarina lança programa inédito para descarte correto de resíduos -

O Governo de Santa Catarina, por meio do Instituto do Meio Ambiente (IMA), lança nesta terça-feira, 17, o projeto Penso, Logo Destino, em Florianópolis. O objetivo é a conscientização e o envolvimento de todos os catarinenses para o descarte correto dos resíduos sólidos. O ato ocorre às 10h, no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres de Santa Catarina (Cigerd). A iniciativa tem parceria das secretarias de Estado da Educação, da Saúde, do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, de Administração Prisional e da Polícia Militar Ambiental.

Com o lançamento, Santa Catarina torna-se o primeiro estado brasileiro a fazer a articulação da Logística Reversa, atuando como mediador entre os comerciantes, administração municipal e população para o descarte adequado, e as entidades gestoras que realizam a coleta do material recolhido. No Brasil, há apenas ações isoladas de municípios para garantir que os resíduos completem esse ciclo.

O Programa Penso, Logo Destino, idealizado pela Coordenadoria Regional do IMA em Florianópolis, será executado em três etapas: Logística Reversa, Reciclagem e Resíduos Orgânicos. 

Logística Reversa

A primeira fase do Projeto consiste na implantação de ações voltadas aos consumidores para a devolução dos produtos e embalagens após a utilização. Os produtos que devem ser devolvidos aos comerciantes são lâmpadas fluorescentes, eletroeletrônicos e seus componentes, resíduos e embalagens de óleos lubrificantes e de agrotóxicos, pneus, pilhas e baterias. Já os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes têm, nesta etapa, a responsabilidade de estruturar e implementar sistemas de logística reversa para que o material recolhido tenha a destinação adequada e mais ecologicamente correta.

Para isso, o IMA vai firmar parcerias com entidades gestoras responsáveis pelo recolhimento e destinação desses produtos. A ideia é que sejam instalados pontos de coleta nos municípios que aderirem ao programa. Além disso, serão promovidas, junto com as instituições parceiras, campanhas de conscientização e arrecadação dos materiais.

Dessa forma, os materiais recebem a destinação correta e muitos são, inclusive, transformados em novos produtos ou utilizados para outros fins, como é o caso do pneu que pode ser usado na construção civil e até na siderurgia.

O projeto vai começar no primeiro semestre de 2020 pela região da Grande Florianópolis, em Águas Mornas e Angelina, municípios de até 20 mil habitantes. No semestre seguinte, em julho de 2020, devem receber a iniciativa as cidades de Anitápolis, Antônio Carlos, Canelinha, Governador Celso Ramos, Major Gercino, Nova Trento, Rancho Queimado, São Bonifácio e São Pedro de Alcântara. A partir de 2021, a intenção é levar o projeto para todos os municípios catarinenses.
 

Matérias Relacionadas

Esportes

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Esportes

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio
Esportes

Com nova modalidade incluída, brasileira será a mais jovem representante do país nas Olimpíadas

Rayssa Leal, a mais jovem representante do Brasil, já chegou a Tóquio empolgando a torcida.
Com nova modalidade incluída, brasileira será a mais jovem representante do país nas Olimpíadas
Esportes

De Jaraguá do Sul para as Olimpíadas de Tóquio

Simone faz parte de um seleto grupo, com 53 atletas representando o Brasil. Sua classificação foi garantida em maio, após a conquista da medalha de prata no Campeonato Sul-Americano
De Jaraguá do Sul para as Olimpíadas de Tóquio
Ver mais de Geral