segunda, 17 de junho de 2019 - 17h57
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Futsal

Mundial de Clubes: saiba porque o melhor do mundo não jogou pelo seu clube

28 Jun 2016 - 15h14
O Mundial de Clubes de Futsal, que está sendo realizado no Catar, conhecerá sua decisão nesta terça-feira. Na primeira semifinal, se enfrentam Magnus/Sorocaba e Barcelona-ESP. Em seguida, será a vez do duelo entre Carlos Barbosa e Al Rayyan-CAT.

Campeão espanhol, o Inter/Movistar caiu na primeira fase e é uma ausência surpreendente no mata-mata. Não menos surpreendente que a não participação do ala Ricardinho.

 

Melhor jogador do mundo nos últimos anos, o português nem viajou com o elenco para a disputa do torneio. A viagem do jogador foi para Dubai, nos Emirados Árabes, onde está sendo realizado o NAS Sports Tournament, competição que ocorre durante o Ramadã e reúne alguns dos melhores jogadores do mundo.

"Eu tenho contrato de cinco anos em Dubai e o Inter sabia que eu iria jogar aqui. Não posso falar em valores por respeito a meus chefes aqui, mas ganho mais aqui do que em todo o ano na Espanha", disse Ricardinho ao ESPN.com.br.

 

No ano passado, a reportagem mostrou que o sheiks investiam, no mínimo, 10 mil dólares por jogador para sete partidas, além de hotel 5 estrelas, carro 24 horas para onde quiser e alimentação gratuita. Alguns astros ganharam 50.000 euros somente pelo campeonato.

 

Sem seu melhor jogador, o Inter/Movistar perdeu para o Magnus/Sorocaba, time do ala Falcão, por 1 a 0, e deu adeus ao Mundial de Clubes ao lado do Benfica no grupo B. Pelo grupo A, ficaram pelo caminho o Dínamo Moscou e o Tasisat Daryaei, do Irã.

 

Fonte: Henrique Munhos, do ESPN.com.br