Banner Proauto
Futebol

Venezuela e Bolívia fazem choque de lanternas nas Eliminatórias

10 Nov 2016 - 14h36
Os venezuelanos seguram a lanterna com apenas dois pontos conquistados e ainda não ganharam na competição. Os bolivianos, em penúltimo lugar, somam quatro pontos.

 

 

 

A difícil condição na tabela de classificação é tratada de maneira distinta pelas duas equipes. Os venezuelanos, comandados pelo técnico Rafael Dudamel, tentam manter as esperanças.

"Nós precisamos acreditar que ainda temos alguma chance e para isso é fundamental derrotar a Bolívia, que tem um time de qualidade e que vai tentar nos criar dificuldades. Se vencermos podemos olhar um caminho um pouco mais claro", disse o zagueiro José Velázquez.

Já a Bolívia, que foi punida com a perda de quatro pontos por conta da suposta escalação irregular de alguns jogadores, não pensa em classificação.

"Temos que ir a campo com o pensamento de fazer o nosso melhor e conquistar a vitória. Estamos atravessando um momento muito declicado em termos de classificação para a Copa do Mundo e seria infantilidade minha falar que estamos de olho em uma das vagas. Temos que ganhar os próximos jogos e ver se as rodadas serão favoráveis. Matematicamente temos chances, mas pecamos muito ao falar da competição como um todo e tropeçar no jogo seguinte. O foco agora está todo em encontrar a melhor maneira de vencer o bom time da Venezuela", analisou Ángel Guillermo Hoyos, técnico da Bolívia.

Em termos de escalação, a Bolívia vai manter a base que vem atuando nas Eliminatórias. Já a Venezuela não poderá contar com o atacante Salomón Rondón, vetado por conta de uma contratura muscular na coxa esquerda. Christian Santos assume o posto.

Pelo regulamento, os quatro primeiros colocados ao fim das Eliminatórias sul-americanas garantem vaga na Copa do Mundo, sendo que o quinto colocado ainda tem uma oportunidade na repescagem, contra o campeão da Oceania.

FICHA TÉCNICA:
VENEZUELA X BOLÍVIA


Local: Estádio Monumental, em Maturín (Venezuela)
Data: 10 de novembro de 2016 (Quinta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)
Assistentes: Richard Trinidad (Uruguai) e Horacio Ferreiro (Uruguai)

VENEZUELA: Contreras, Rosales, Vizcarrondo, Velázquez e Feltscher; Flores, Rincón, Otero e Peñaranda; Josef Martínez e Christian Santos. Técnico: Rafael Dudamel

BOLÍVIA: Lampe, Rodríguez, Raldes, Zenteno e Bejarano; Smedberg, Veizaga, Chumacero e Raúl Castro; Marcelo Moreno e Rodrigo Ramallo. Técnico: Ángel Guillermo Hoyos

 

Fonte: UOL/ESPN
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Atlético-MG vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos

Galo vira duelo em 2º tempo eletrizante e abre 11 pontos para Flamengo
Atlético-MG vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos
Esportes

Justiça determina realização de novas eleições para a CBF

Nova assembleia deverá ser feita em 30 dias
Justiça determina realização de novas eleições para a CBF
Esportes

Messi amplia recorde e ganha 7ª Bola de Ouro da carreira

Espanhola Alexia Putellas vence entre as mulheres
Messi amplia recorde e ganha 7ª Bola de Ouro da carreira
Esportes

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América

Deyverson saiu do banco de reserva e definiu título na prorrogação.
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
Ver mais de Futebol