terça, 25 de junho de 2019 - 15h18
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Futebol

Seleção brasileira vence Jamaica na estreia da Copa do Mundo Feminina na França

Cristiane marcou três gols, se tornou a mulher mais velha a disputar um Mundial e é vice-artilheira do Brasil em saldo de gols em Copa do Mundo

09 Jun 2019 - 15h04Por Camila Silveira Rosa
Seleção brasileira vence Jamaica na estreia da Copa do Mundo Feminina na França - Crédito: FIFA/Getty Images Crédito: FIFA/Getty Images

A Seleção brasileira feminina fez sua estreia neste domingo (9), pela Copa do Mundo. Apesar da ausência da atacante Marta, que está lesionada na coxa esquerda, as meninas entraram como favoritas e impuseram um jogo consistente e conseguiram a vitória de 3 a 0 contra a equipe da Jamaica, que faz a sua primeira Copa. O jogo aconteceu no estádio dos Alpes, em Grenoble, na França.

A arbitragem da partida, que teve três gols, ficou por conta da alemã Riem Hussein, tendo como auxiliares a escocesa Kylie Cockburn e a romena Mihaela Tepusa.

Os gols foram marcados pela atacante Cristiane Rozeira de Souza Silva, a camisa 11, que quebrou mais um recorde nesta Copa ao entrar em campo. Esse é o sétimo Mundial da carreira da atleta que se tornou a brasileira mais velha da história a disputar a competição, com 41 anos e 98 dias, superando a norte-americana Christie Tampone, que jogou em 2015, com 40 anos e 12 dias.

Após o jogo, Cristine falou com a repórter Carol Barcellos, do GloboEsporte.com e disse que a música que pediu no Fantástico foi “Jogadeira”, canção feita especialmente para a Copa do Mundo Feminina.

“Eu estou muito emocionada, não sabia desses números. Foi uma vitória muito pessoal, entrei com objetivo de ajudar, não imaginei marcar três gols. Você não imagina, só pensa ajudar, dar a volta por cima com a equipe, que vinha de derrota [fora nove jogos sem vencer], desconfiança. Foi um recomeço, fui muito abençoada hoje. Estou feliz demais por representar todas as meninas que estão no Brasil acompanhando e sonhando com o futebol feminino”, disse a jogadora.

O próximo jogo das meninas é nesta quinta-feira (13), às 13 horas, em Montpellie, contra a Itália, que venceu a Austrália por 2 a 1.

A partida

O primeiro gol, veio aos 14 minutos do primeiro tempo, quando Andressa Alves cruzou na área e a atacante mandou a bola de cabeça para a rede. Andressa perdeu um pênalti aos 37 segundos.

Depois, aos cinco minutos do segundo tempo, a brasileira aproveitou a sobra da bola na área adversária para ampliar o placar. 13 minutos depois, Cristiane voltou a marcar mais um gol. Dessa vez, o gol veio após uma cobrança de falta, em que a bola bateu na trave e entrou.

No final da partida, o Brasil desperdiçou oportunidades de gol. Mas com o hat-trick – que é quando um futebolista marca três ou mais gols em uma mesma partida de Copa de Mundo – a Seleção assume a liderança do grupo C pelo saldo de gols.  

Recordes

Além da camisa 11 disputar o seu sétimo Mundial e se tornar a mulher mais velha a jogar a competição, com o hat-trick, Cristiane se torna a jogadora mais velha da história da Copa do Mundo – masculina e feminina - a conseguir três gols em uma partida.

Mas a jogadora não foi a primeira a marcar três gols pela Seleção na competição. Sissi e Pretinha já fizeram isso, inclusive na mesma partida: no 7 a 1 do Brasil contra o México, na Copa do Mundo de 1999, nos Estados Unidos.

Agora, Cristine é a nova vice-artilheira da Seleção Brasileira, com dez gols, ficando atrás apenas da camisa 10, Marta, que tem 15.

Todas as goleadoras da Seleção Brasileira Feminina em Copas do Mundo

15 - Marta
10 - Cristiane
7 - Sissi
6 - Kátia Cilene
5 - Pretinha
3 - Rosana
2 - Cidinha, Daniela Alves, Formiga e Roseli
1 - Andressa Alves, Elane, Erika, Maicon, Nenê, Raquel e Renata Costa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

 

Matérias Relacionadas

Futebol

Copa do Mundo Feminina inicia na França com 24 seleções

Nós conversamos com jornalistas, árbrita e atletas para falar sobre o machismo que envolve o futebol feminino e sobre a importância da transmissão da Copa do Mundo Feminina
Copa do Mundo Feminina inicia na França com 24 seleções
Ver mais de Futebol