Séculus
Futebol

Liverpool-Manchester United e Borrussia-Tottenham nas oitavas da Liga da Europa

26 Fev 2016 - 15h57
Outras partidas interessantes das oitavas, que acontecem de 10 a 17 de março, são Athletic Bilbao-Valencia e Borussia Dortmund-Tottenham.

As demais partidas, segundo o sorteio, são: Shaktar Donetsk - Anderlecht, Basilea - Sevilla, Villarreal - Bayer Leverkusen, Sparta de Praga - Lazio e Fenerbahçe - Sporting de Braga.

O duelo entre Liverpool, 8º colocado da Premier League, e United, na 5ª posição, medirá duas das equipes mais vencedoras do futebol inglês, com 18 e 20 títulos do campeonato nacional, respectivamente.

Na Alemanha, o confronto entre Borussia Dortmund e Tottenham colocará frente a frente os dois vice-líderes dos campeonatos alemão e inglês.

A Espanha, que conta com quatro clubes nas oitavas de final da Liga Europa, país com mais representantes, perderá um deles no duelo enre Athletic Bilbao, 8º colocado da Liga, e Valencia, 11º.

Neste fim de semana, pela 26ª rodada do Campeonato Espanhol, as duas equipes se enfrentam em Mestalla.

O Villarreal também não teve muita sorte no sorteio e terá pela frente o forte Bayer Leverkusen, em confronto entre duas equipes que ocupam a 4ª posição em seus campeonatos.

Atual bicampeão da Liga Europa, o Sevilla terá que passar pelo Basel, campeão suíço, se quiser voltar às quartas de final da competição e terá a vantagem de jogar a partida de volta em casa, na capital da Andaluzia.

Já Shaktar Donetsk (Ucrânia), Lazio, único representante italiano, e Fenerbahçe (Turquia) partem como favoritos em seus confrontos contra Anderlecht (Bélgica), Sparta Praga (República Tcheca) e Sporting Braga (Portugal).

- Confrontos das oitavas de final da Liga Europa(10 e 17 de março):

Shakhtar Donetsk (UCR) - Anderlecht (BEL)

Basel (SUI) - Sevilla (ESP)

Villarreal (ESP) - Bayer Leverkusen (ALE)

Athletic Bilbao (ESP) - Valencia (ESP)

Liverpool (ING) - Manchester United (ING)

Sparta Praga (RTC) - Lazio (ITA)

Borussia Dortmund (ALE) - Tottenham (ING)

Fenerbahçe (TUR) - Sporting Braga (POR).

ara �� r�@:� �e as funções "políticas" e de gestão: O Conselho da Fifa (que substitui o Comitê Executivo e terá 37 integrantes) será o encarregado de fixar a direção estratégica global da entidade; a Secretaria-Geral supervisionará as ações operativas e comerciais necessárias para executar de maneira eficaz as estratégias definidas.

- Limitação de mandatos para o presidente, membros do Conselho e os membros do Comitê de Auditoria e Conformidade, assim como das instâncias judiciais ao máximo de 12 anos.

- Eleição dos membros do Conselho supervisada pela Fifa: todos os candidatos serão submetidos a comprovações exaustivas de elegibilidade e integridade, que ficarão a cargo de um Comitê Independente de Revisão.

- Maior reconhecimento e promoção da mulher no futebol, com um mínimo de uma representante escolhida como membro do Conselho por confederação.

- Publicação das remunerações individuais com uma periodicidade anual: Referentes aos salários de presidente, todos os membros do Conselho, secretário-geral e pessoas que presidam as comissões permanentes e judiciais independentes.

- Melhor controle dos fluxos monetários.

- Princípios universais de boa governança para as confederações e as associações-membro.

- O compromisso com o respeito dos direitos humanos ficará consagrado nos Estatutos da Fifa.

- Uma nova comissão com todas as partes que compõem o futebol: visa garantir uma maior transparência e inclusão através de uma representação mais ampla dos atores (que inclua jogadores, clubes e ligas).

- As decisões que adotar o Congresso entrarão em vigor 60 dias depois do mesmo, salvo que este aponte para outra data.

- As federações elegerão os integrantes do Conselho em seus respectivos congressos de confederações e, enquanto isso, os membros do atual Comitê Executivo serão parte do novo Conselho até que finalizem os respectivos mandatos.

- Os integrantes do Conselho devem passar por um exame de idoneidade, que será supervisionado por um Comitê de Controle, que, por sua vez, será constituído por um Comitê de Governança, no próximo Congresso da Fifa, em 12 e 13 de maio, no México.

- O Comitê de Governança contará com um mínimo de três e um máximo de 12 membros, escolhidos pelo Congresso.

- O Comitê de Controle será integrado por presidente, vice-presidente e um membro independente do Comitê de Governança.

- O novo Conselho da Fifa nomeará e poderá destituir o secretário-geral, que prestará contas perante o órgão e desempenhará a função de diretor-geral da entidade.

 

 
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

CBF libera a presença da torcida visitante em jogos

Comprovante de vacinação e teste são exigências
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
Esportes

Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol

O Congresso Técnico ocorre às 18 horas da próxima segunda-feira (18), na Arena Jaraguá.
Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol
Esportes

Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos

Tricolor gaúcho é o vice-lanterna na classificação geral do Brasileiro
Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos
Política

(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos

Em agosto, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) publicou um protocolo para a volta dos torcedores ao estádio
(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos
Ver mais de Futebol