quinta, 20 de junho de 2019 - 18h53
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
UEFA

Liverpool é campeã pela sexta vez da Champions League em Madri

Os gols foram marcados por Salah e Origi e o goleiro brasileiro Alisson fez uma grande partida

01 Jun 2019 - 18h55Por Camila Silveira Rosa
Liverpool é campeã pela sexta vez da Champions League em Madri - Crédito: MIKE HEWITT GETTY IMAGES Crédito: MIKE HEWITT GETTY IMAGES

Depois de 11 anos da decisão entre Chelsea e Manchester United, a final da Liga dos Campeões, a Champions League, teve dois ingleses: Tottenham e Liverpool. O palco do jogo foi o estádio Wanda Metropolitano, em Madri, que já recebeu 26 finais da UEFA, desde a mudança do regulamento da competição, em 1992/93.

A taça deste sábado (1), foi erguida pela sexta vez pelo Liverpool que ganhou de 2 a 0, com gols de Salah e Origi. A partida não foi a melhor da temporada dos Reds, mas a equipe comandada por Jurgen Klopp, mostrou entrosamento e saiu campeã da competição. A taça foi erguida pelo capitão do time, Henderson.

Essa temporada, foi a temporada do improvável. Isso porque, o Liverpool estava em 7º lugar na fila de prováveis na final, enquanto o Tottenham ocupava o 10º lugar. Essa foi a primeira vez que o time comandando por Mauricio Pochettino, chegou na final da competição.

O gol dos Reds, foi fechado pelo brasileiro Alisson que, fez grandes defesas e foi o único jogador da temporada 2018-2019 da Champions que disputou todos os jogos.

A partida

A alta temperatura na Espanha, com sensação térmica de 40 graus, fez o ritmo do jogo ser mais lento, principalmente no segundo tempo, fazendo as equipes jogaram na raça e no coração, impulsionadas pelas duas torcidas que cantaram o tempo todo.

O primeiro gol do jogo, foi o segundo gol mais rápido da história das finais da UEFA, ficando atrás de Maldini, do Milan, aos 50 segundos, contra o Liverpool em 2005.

Aos 22 segundos de bola rolando, Mané tentou cruzar, Sissou esticou o braço em movimento imprudente e o juiz marcou o pênalti a favor do Liverpool. E Salah, aos dois minutos de jogo, abriu o placar e mostrou que a camisa vermelha dos ingleses estava afim de levantar a taça.

O segundo gol, veio no segundo tempo. Na cobrança, confusão na área e a sobre ficou com Origi, que disparou chute cruzado para aumentar a vantagem e liquidar a fatura.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!