Séculus
Barcelona

Governo descarta cancelar clássico espanhol: "Confiem na segurança"

18 Nov 2015 - 14h22
Em entrevista à emissora de rádio "RAC1", Fernández Díaz negou que o cancelamento esteja nos planos do governo - "nesta hora, categoricamente não", frisou.

"Planejamos um intenso esquema de segurança por razões óbvias. Mas, neste momento, não há objetivamente as circunstâncias para suspendê-lo (o clássico)", acrescentou.

Fernández Díaz também anunciou que a partida entre Barcelona e Roma, na próxima terça-feira, no Camp Nou, também terá reforço de segurança "para controlar não só os acessos, mas também as cercanias do estádio".

O ministro informou ainda que a Comissão contra a Violência no Esporte, que vai se reunir hoje à tarde, classificará o clássico de sábado como partida de "alto risco", mas alegou que o governo espanhol fará tudo para que "possa ser realizado com absoluta normalidade".

"Quero transmitir uma mensagem de serenidade e tranquilidade, apesar de compreender o temor. Que as pessoas confiem nos serviços de segurança e nos serviços da luta antiterrorista", ressaltou.
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

CBF libera a presença da torcida visitante em jogos

Comprovante de vacinação e teste são exigências
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
Esportes

Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol

O Congresso Técnico ocorre às 18 horas da próxima segunda-feira (18), na Arena Jaraguá.
Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol
Esportes

Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos

Tricolor gaúcho é o vice-lanterna na classificação geral do Brasileiro
Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos
Política

(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos

Em agosto, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) publicou um protocolo para a volta dos torcedores ao estádio
(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos
Ver mais de Futebol