Caraguá
Futebol

Final da Libertadores será em jogo único e campo neutro, decide Conmebol

28 Set 2016 - 15h33
"Analisando as estatísticas de finais da Taça Libertadores, o time que jogou em casa no segundo jogo ganhou 7 em 10. A justiça esportiva exige final única em campo neutro", disse o dirigente pelo Twitter, anunciando também que o torneio será disputado a partir da próxima temporada entre fevereiro e novembro.

Desta forma, o maior torneio continental sul-americano em nível de clubes adotará um novo formato, já que será jogada em 42 semanas. Além disso, os dez clubes da Libertadores que não avancem às oitavas de final irão disputar a Copa Sul-Americana, que será disputada do fim de julho até dezembro.

As decisões foram tomadas hoje pela Conmebol. Com a medida, a entidade pretende harmonizar os calendários dos torneios locais de cada país com as responsabilidades continentais dos clubes.

"Por muito tempo, os clubes tiveram que escolher entre o campeonato local e os torneios continentais, e isso afeta a qualidade de ambas competições. Esta medida nos permitirá melhorar o desempenho esportivo nos torneios nacionais, proteger os jogadores e potencializar a qualidade do jogo nas taças continentais", indicou o presidente da Conmebol.

Matérias Relacionadas

Esportes

Com dois de Pedro, Flamengo derrota Grêmio e avança na Copa do Brasil

Nas semifinais o Rubro-Negro enfrenta o Athletico-PR
Com dois de Pedro, Flamengo derrota Grêmio e avança na Copa do Brasil
Esportes

Decreto autoriza acesso de público a competições esportivas em Santa Catarina

A liberação está atrelada ao cumprimento dos protocolos e regramentos sanitários específicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES)
Decreto autoriza acesso de público a competições esportivas em Santa Catarina
Esportes

Seleção vence Peru e mantém campanha perfeita nas Eliminatórias

Neymar marca e se torna maior artilheiro do Brasil na competição
Seleção vence Peru e mantém campanha perfeita nas Eliminatórias
Esportes

Anvisa paralisa jogo entre Brasil e Argentina; partida é encerrada

Quatro argentinos entraram em campo descumprindo regras sanitárias
Ver mais de Futebol