Futebol

Com recorde e susto, Argentina goleia EUA e vai à final da Copa América

22 Jun 2016 - 14h35
Jogando em Houston contra a equipe da casa, o time do técnico Tata Martino confirmou seu favoritismo, venceu por 4 a 0 e avançou.

A partida foi marcada pelo recorde de Lionel Messi e pelo susto protagonizado por Ezequiel Lavezzi. O camisa 10 fez o segundo gol do jogo, em cobrança de falta aos 32 min do primeiro tempo, e se tornou o maior artilheiro da história da seleção argentina – o astro do Barcelona contabiliza 55 gols, contra 54 de Gabriel Batistuta.

Já Lavezzi, autor do primeiro gol do confronto, deixou o campo aos 20 min do segundo tempo. O camisa 22 saltou para tentar dominar uma bola alta na lateral, mas caiu por cima das placas de publicidade. Com suspeita de fratura no braço, deixou o campo para a entrada de Erik Lamela.

Com a vaga na decisão, a Argentina tem mais uma chance para encerrar seu jejum de títulos, já que não levanta uma taça desde a Copa América de 1993. Desde então, a equipe chegou a seis finais (Copa das Confederações 1995, Copa América 2004, Copa das Confederações 2005, Copa América 2007, Copa do Mundo 2014 e Copa América 2015), terminando sempre com o vice.

O adversário da Argentina na final sai do confronto entre Colômbia e Chile, que medem forças nesta quarta-feira (22), em Chicago. A decisão do torneio acontece no dia 26 de junho, no MetLife Stadium, em Nova Jersey.

Lavezzi abre o placar de cabeça


O primeiro gol do jogo saiu logo aos 3 min do primeiro tempo, em jogada que demonstrou o entrosamento do ataque argentino. Messi aproveitou a sobra de bola no ataque e, de primeira, cruzou de esquerda para a área; livre, Lavezzi cabeceou sem força, tirando do goleiro Brad Guzan.

Lavezzi comemora o primeiro gol da Argentina contra os EUA

 

Messi e o gol do recorde


Coube a Messi ampliar o placar em cobrança de falta aos 32 min da etapa inicial: da intermediária, o camisa 10 bateu de esquerda e mandou no ângulo de Guzan. Foi o 55º gol do astro com a camisa da seleção argentina.

Virou passeio?


Aos 5 min do segundo tempo, veio o terceiro gol da Argentina. Lavezzi cruzou pela esquerda e Higuaín escorou para o gol; Guzan defendeu, mas, no rebote, o próprio Higuaín dominou, tirou para o lado esquerdo e mandou para as redes.

Mas nem tudo é festa


Aos 20 min da etapa final, com o jogo dominado, a Argentina sofreu seu maior susto: Lavezzi tentou dominar a bola na lateral, mas atingiu uma placa de publicidade ao pular e caiu para fora do gramado. Com suspeita de fratura no braço, foi substituído por Lamela.

 

Número finais ao jogo


O quarto gol da Argentina veio aos 40 min da etapa final, em uma saída de bola errada da seleção dos EUA. Messi aproveitou, invadiu a área pela esquerda e rolou para o lado; livre, Higuaín só precisou bater para as redes e marcar seu segundo gol na partida.

Fonte: UOL

Matérias Relacionadas

Futebol

Flamengo goleia Grêmio e está na final da Copa Libertadores

Rubro-negro vence por 5 a 0 e vive noite histórica no Maracanã
Esportes

Flamengo e Grêmio decidem hoje quem vai à final da Libertadores

Flamengo e Grêmio decidem hoje quem vai à final da Libertadores
Esportes

Etapa do Moleque Bom de Bola em Guaramirim define participação estadual

Etapa do Moleque Bom de Bola em Guaramirim define participação estadual
Esportes

Seleção brasileira recua para 3ª posição no ranking masculino da Fifa

De acordo com a lista, divulgada na última sexta-feira (19), a Bélgica continua no topo e a França subiu para a segunda colocação
Seleção brasileira recua para 3ª posição no ranking masculino da Fifa
Ver mais de Futebol