GNet
Barcelona

Barcelona promete fazer jogo duro e não quer liberar Neymar para Rio-16

17 Fev 2016 - 14h15
Em 2016, jogando em casa, o time de Dunga tem uma chance especial de buscar o inédito ouro, mas pode acabar desfalcado de seu melhor jogador: Neymar.

Ao lado de Alisson e Miranda, o atacante do Barcelona é um dos três nomes com mais de 23 anos que a comissão técnica brasileira pretende convocar. O UOL Esporte apurou, entretanto, que o clube catalão não tem intenção de liberar Neymar para a disputa da Olimpiada, e, caso o faça, colocará uma série de exigências.

Dependendo de como terminar a temporada, Neymar nas Olímpiadas poderá desfalcar o Barça em duas finais: a Supercopa da Europa (disputa entre os campeões da Liga dos Campeões e da Liga Europa) e a Supercopa da Espanha (disputa entre os campeões do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei). Líder do Espanhol, finalista da Copa do Rei e na disputa da fase final da Liga dos Campeões, o clube da Catalunha tem chances de levar os três títulos.

No ano passado, a seleção brasileira contribuiu para a ausência de Neymar na Supercopa: por ter disputado a Copa América, o brasileiro recebeu um mês de férias, e contraiu amigalite. Acabou fora dos dois confrontos contra o Athletic Bilbao, e viu o Barcelona cair e deixar o clube basco com o título. A situação gerou mal estar e irritação na diretoria catalã.

Mesmo caso acabasse liberando o jogador – um cenário bem improvável - o Barcelona faria uma série de exigências, que passam por pagamento de salário durante a disputa e um seguro milionário para caso de alguma lesão.

Pessoas próximas a Neymar garantem que ele quer jogar os Jogos Olímpicos, mas não baterá de frente com o Barcelona caso seja impedido. O discurso oficial no clube espanhol é de que isso será discutido com a CBF perto da disputa dos jogos.

Oficialmente, a CBF não admite que pretende convocar Neymar como um dos atletas acima de 23 anos para a disputa no Rio de Janeiro.

A entidade também afirma que ainda não foi comunicada pelo Barcelona sobre a exigência de seguro e pagamento de salários, mas sabe que a competição não faz parte do calendário Fifa e das limitações que isso pode significar. Por isso, tem monitorado de perto o caso de Neymar.

FONTE:UOL.
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol

O Congresso Técnico ocorre às 18 horas da próxima segunda-feira (18), na Arena Jaraguá.
Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol
Esportes

Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos

Tricolor gaúcho é o vice-lanterna na classificação geral do Brasileiro
Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos
Política

(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos

Em agosto, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) publicou um protocolo para a volta dos torcedores ao estádio
(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos
Esportes

Juventus vence o Caçadorense e conquista primeira vitória na Copa SC

Com o resultado, o Tricolor entra na briga pela classificação à semifinal. A equipe de Tuca Guimarães agora é sexto lugar, com quatro pontos
Juventus vence o Caçadorense e conquista primeira vitória na Copa SC
Ver mais de Futebol