ESPORTE

Sainz lidera dia de testes da Fórmula 1 marcado por acidente com Vettel

27 Fev 2019 - 16h08

O segundo dia da segunda semana de testes coletivos da pré-temporada da Fórmula 1 foi liderado pelo espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. Mas as atividades no Circuito da Catalunha, nos arredores de Barcelona, ficaram mesmo marcadas por um acidente com o alemão Sebastian Vettel, o que reduziu o tempo de pista da Ferrari nesta quarta-feira.

Vettel bateu de frente em uma barreira de pneus depois de perder o controle na curva 3 do circuito. O piloto alemão não sofreu nenhum ferimento significativo, mas foi levado ao centro médico para verificações preventivas. A Ferrari disse que Vettel teve um "problema mecânico" no seu carro, que, danificado, foi levado para a garagem "para todas as verificações necessárias".

A equipe italiana não especificou o problema que provocou o acidente, ocorrido após o alemão dar 40 voltas na sessão da manhã no segundo dos quatro dias de testes nesta semana. O acidente provocou uma bandeira vermelha, e a Ferrari de Vettel teve de ser rebocada para a garagem. Ele terminou o dia na terceira colocação.

Por causa dos danos no carro, o monegasco Charles Leclerc foi para a pista com apenas alguns minutos para o encerramento do dia de testes e só conseguiu dar uma volta. Assim, a Ferrari, que dominou os primeiros dias de testes na semana passada, terminou com o menor número de giros de todas as equipes nesta quarta-feira - 41.

Sainz liderou a sessão desta quarta-feira com um tempo de 1min17s144, o mais rápido do dia e também, até agora, o melhor depois de seis dias de testes. Seu companheiro de equipe na McLaren, o britânico novato Lando Norris, havia liderado as atividades na terça-feira.

O mexicano Sergio Perez foi o segundo mais rápido com o carro da Racing Point (ex-Force India) nesta quarta-feira, com 1min17s842. E Vettel foi seguido pelo Alfa Romeo (ex-Sauber) do veterano finlandês Kimi Raikkonen, de 39 anos, em quarto lugar, e pelo francês Romain Grosjean, da Haas.

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi o sexto mais rápido, mas acabou sendo responsável por uma das bandeiras vermelhas do dia após ficar parado com o seu carro no fim do pit lane com um problema, enquanto Sainz foi o responsável por outra. Já o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, ficou em sétimo.

A Mercedes voltou a se concentrar em atualizações aerodinâmicas e terminou com o finlandês Valtteri Bottas em oitavo lugar e o britânico Lewis Hamilton em nono, com a relação dos dez primeiros colocados sendo completada pelo alemão Nico Hulkenberg, da Renault. Logo depois, vieram o polonês Robert Kubica, da Williams, que foi o piloto a dar mais voltas - 130 - ao lado de Sainz, e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull.

Os testes prosseguem até sexta-feira no Circuito da Catalunha, tradicional palco do GP da Espanha. E a temporada vai ser aberta em 17 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Esportes

Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil

Já eliminado, Leão do Sul perde vaga nas quartas de final do Campeonato Catarinense
Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil

Com o resultado, o Jaraguá pode até empatar o duelo de volta que se classifica à segunda fase
Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil
Geral

Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo

O projeto prevê duas quadras poliesportivas com arquibancadas, vestiários, banheiros, sala administrativa e depósito/almoxarifado
Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo
Ver mais de Esportes