GNet
Esportes

Presidente Jair Bolsonaro sanciona Lei do Mandante

Medida trata dos direitos de transmissão de partidas de futebol

21 Set 2021 - 06h44Por Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro sanciona Lei do Mandante - Crédito: Bruno Haddad  / Fluminense F.C Crédito: Bruno Haddad / Fluminense F.C

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a Lei nº 14.205, de 15 de setembro de 2021 (conhecido como Lei do Mandante), que altera a Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998. Segundo a nova legislação, os clubes de futebol têm o direito de negociar a transmissão e a reprodução de seus próprios jogos quando forem os mandantes do espetáculo. A nova norma foi publicada na edição desta segunda-feira (20) do Diário Oficial da União.

A partir de agora, a emissora de TV interessada em transmitir uma partida de futebol precisará negociar apenas com um time, no caso o mandante (a equipe que joga em casa). Além disso, o próprio clube vai poder transmitir o evento, abrindo uma nova possibilidade de obtenção de recursos para as equipes de futebol.

Quando não houver definição do mando de jogo, o chamado direito de arena dependerá da concordância dos dois clubes. 

Edição: Fábio Lisboa

GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

CBF libera a presença da torcida visitante em jogos

Comprovante de vacinação e teste são exigências
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
Geral

Bananalama de 2022 já tem dada pré-programada

A informação é de Eduardo Appel, diretor da empresa Arsenal, promotora do evento
Bananalama de 2022 já tem dada pré-programada
Geral

Resultado de prova prática do concurso público de Jaraguá está publicado

Esta etapa foi voltada aos cargos de Motorista de Veículos Pesados e Ambulância e Operador de Máquinas Pesadas
Resultado de prova prática do concurso público de Jaraguá está publicado
Esportes

Jaraguaense Nicole Nunes é campeã brasileira de xadrez

Ela também foi bronze no ritmo Blitz, com vitória em três de cinco partidas
Jaraguaense Nicole Nunes é campeã brasileira de xadrez
Ver mais de Esportes