ESPORTE

Ponte Preta monitora situação de atacante André Luis, 'encostado' no Corinthians

27 Fev 2019 - 17h04

A Ponte Preta está monitorando a situação do atacante André Luiz, que não vem sendo aproveitado pelo técnico Fábio Carille e deve ser emprestado para a sequência da temporada. O time campineiro garantiu não ter entrado em contato com o atleta, mas segue a par da situação prevendo um possível retorno do atleta para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Esse, inclusive, é outro fator que atrapalha a negociação entre André Luis e Ponte Preta. Como foi inscrito no Campeonato Paulista pelo Corinthians, o atacante só poderia defender o clube na Série B. Os empresários do jogador não veem tal situação com bons olhos e quem seu cliente em um time pelo qual possa atuar de forma imediata.

No Corinthians, André Luis até chegou aparecer na equipe titular nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista, mas acabou perdendo espaço com a chegada de Vagner Love, que foi deslocado para o lado de campo, graças ao grande momento vivido por Gustavo.

André Luis, de 21 anos, começou no profissional do Athletico-PR e passou por Guaratinguetá, Brasília, Santa Cruz e Cianorte, até chegar à Ponte Preta e ser um dos destaques do time no ano passado. Foi contratado pelo Corinthians, junto ao clube paranaense, até então dono dos seus direitos, por R$ 2 milhões.

No setor de ataque, a Ponte Preta conta com Dudu, Hugo Cabral, Marlyson, e Thalles. André Luis chegaria, caso contratado, com status de titular. Além disso, é muito querido pela torcida.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense

Partida terá transmissão da Rádio Jaraguá, a partir das 20h
Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense
Esportes

Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina

A competição será disputada Na Argentina de 5 a 22 de março.
Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina
Esportes

CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil

Partida entre Palmeiras e Grêmio será às 18h (horário de Brasília)
CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil
Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Ver mais de Esportes