ESPORTE

Jon Jones vence Smith por decisão dos juízes e defende título no UFC

03 Mar 2019 - 11h18

O norte-americano Jon Jones defendeu com êxito seu título dos meio-pesados (até 93kg) do UFC ao conquistar uma vitória por decisão unânime sobre o compatriota Anthony Smith, na luta principal do UFC 235, evento realizado em Las Vegas e concluído apenas na madrugada deste domingo (no horário de Brasília).

Para isso, Jones superou uma dedução de dois pontos por um joelhada ilegal na cabeça de Smith no quarto round. O campeão, que está com 24 vitórias e uma derrota no seu currículo, teve pouco trabalho em uma exibição com pouco brilhantismo contra Smith (31 vitórias e 14 derrotas). Ele dominou a luta em pé, na grade e no chão.

Jones permanece invicto desde 2009, ganhando por decisão pela quinta vez em suas últimas sete lutas. Os três juízes apontaram seu triunfo por 48 a 44. Ele deteve o cinturão dos meio-pesados por longos períodos nos últimos oito anos, mas também já o perdeu duas vezes nesse tempo, por causa suspensões por doping e problemas fora do octógono.

Assim, no seu auge, chegou a fazer apenas duas lutas em um período de quatro anos. Jones voltou ao octógono no UFC 232, em 29 de dezembro, quando reconquistou o cinturão diante de Alexander Gustafsson. E agora fez uma nova luta apenas nove semanas depois.

"Ele fez um grande trabalho. Estou orgulhoso da carreira dele, ele teve altos e baixos e agora está aqui. Ele é incrível e uma verdadeira inspiração. Foi uma honra lutar contra Anthony e muito gratificante não ter trash talk na nossa convivência", disse Jones, elogiando Smith.

Em outra luta que valia cinturão, o do peso meio-médio (até 77,1kg), o nigeriano Kamaru Usman se tornou o primeiro africano campeão do UFC ao superar Tyron Woodley também por decisão unânime dos árbitros, tendo utilizado com êxito seu jogo de wrestling e golpes no corpo do rival.

Woodley (19 vitórias, 4 derrotas e um empate) era campeão desde julho de 2016 e defendeu o cinturão quatro vezes, mas Usman (15 vitórias e 1 derrota) e dominou a luta. O nigeriano ganhou por 50 a 44 para dois juízes e por 50 a 45 para outro.

"Se você acha que vou usar o wrestling, então eu vou te golpear em pé. Se acha que vou te golpear, então eu vou te agarrar. Eu os confundo e então eu os quebro. Isso é o MMA por uma razão e eu sou o melhor. Sou o campeão", celebrou o nigeriano.

BRASILEIROS - Também no UFC 235, o peso galo (até 61,2kg) brasileiro Pedro Munhoz nocauteou de modo avassalador o ex-campeão da categoria Cody Garbrandt. Ele derrubou o rival com um cruzado de esquerda após uma troca franca de golpes, mas o norte-americano se recuperou inicialmente. Só que logo depois acertou um outro cruzado para levar o rival à lona no fim do primeiro round e conquistar a quarta vitória consecutiva, já pensando a sonhar com uma luta pelo cinturão.

Na programação preliminar, o meio-pesado brasileiro Johnny Walker venceu Misha Cirkunov por nocaute técnico aos 36s, após acertar uma joelhada voadora. Já a peso palha Polyana Viana (até 52,2kg) perdeu para a norte-americana Hannah Cifers por decisão dividida dos juízes (29 a 28, 28 a 29 e 29 a 28).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado

Segundo Talita Beber, presidente da CDL Jaraguá do Sul, o comércio local está preparado com promoções, ações de vendas casadas e, com foco na segurança por causa da pandemia
Lojas de Jaraguá ficam abertas até 17h neste sábado
Esportes

Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil

Já eliminado, Leão do Sul perde vaga nas quartas de final do Campeonato Catarinense
Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil

Com o resultado, o Jaraguá pode até empatar o duelo de volta que se classifica à segunda fase
Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil
Geral

Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo

O projeto prevê duas quadras poliesportivas com arquibancadas, vestiários, banheiros, sala administrativa e depósito/almoxarifado
Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo
Ver mais de Esportes