ESPORTE

Invicto no ano, Vasco vence Serra fora de casa e avança na Copa do Brasil

21 Fev 2019 - 01h11

Embalado pelo título da Taça Guanabara conquistado diante do Fluminense no último domingo, o Vasco jogou para o gasto e avançou à terceira fase da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira ao vencer o Serra, por 2 a 0, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica.

IPTU 2021 JARAGUÁ

Além de se manter vivo na Copa do Brasil, o Vasco receberá ainda uma premiação de R$ 1,4 milhão por ter passado de fase. O próximo adversário no torneio vai sair do confronto entre Avaí e Brasil de Pelotas, marcado para o dia 7 de março, na Ressacada, em Florianópolis.

Apesar do jogo ser no Espírito Santo, o Vasco estava se sentindo em casa, já que a maioria dos torcedores era cruzmaltina. E, como já era esperado, o time carioca começou em cima do Serra. A primeira boa oportunidade veio aos 16 minutos em finalização de Yago Pikachu. A bola desviou na zaga e saiu rente ao travessão.

Os jogadores cruzmaltinos reclamaram de um pênalti não marcado em Maxi López aos 25. Dois minutos depois, o Vasco abriu o placar em Cariacica. Bruno César cobrou escanteio e Lucas Mineiro foi lá em cima para cabecear no cantinho. Em vantagem, o Vasco diminuiu o ritmo, mas mesmo assim continuou tendo a posse da bola.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Serra fez mais do que toda a etapa inicial. Rodrigo Pardal ajeitou de cabeça e Rael desperdiçou boa oportunidade ao bater para fora. A resposta do Vasco veio em finalização de Yago Pikachu na rede pelo lado de fora.

Conforme o tempo ia passando, os espaços para os contra-ataques do Vasco começavam a aparecer. Em um deles, Bruno César recebeu cruzamento de Yago Pikachu e chutou em cima de Alex Augusto. Aos 24, Peu soltou a bomba em cobrança de falta e a bola passou raspando a trave de Fernando Miguel.

Aos 39, Darlan finalizou, a bola desviou na zaga e saiu levando perigo. Na cobrança de escanteio, Peu quase fez olímpico. Autor do gol do título da Taça Guanabara, Danilo Barcos assustou em cobrança de falta. O Vasco garantiu a classificação aos 48 minutos com Ribamar finalizando rasteiro por baixo das pernas do goleiro ao receber passe de Leandro Castán.

FICHA TÉCNICA:

SERRA-ES 0 X 2 VASCO

SERRA-ES - Walter; Gilmar Baiano, Alex, Renato Oliveira e Peu; Caetano, Emílio (Darlan) e Guilherme Pitty (Noronha); Rodrigo Pardal, Lessinho (Madison) e Rael. Técnico: Cleiton Marcelino.

VASCO - Fernando Miguel; Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César (Rossi) e Yago Pikachu; Maxi López (Ribamar) e Marrony (Yan Sasse). Técnico: Alberto Valentim.

GOLS - Lucas Mineiro, aos 27 minutos do primeiro tempo. Ribamar, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

CARTÕES AMARELOS - Gilmar Baiano, Caetano e Peu (Serra); Cáceres e Maxi López (Vasco).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense

Partida terá transmissão da Rádio Jaraguá, a partir das 20h
Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense
Esportes

Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina

A competição será disputada Na Argentina de 5 a 22 de março.
Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina
Esportes

CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil

Partida entre Palmeiras e Grêmio será às 18h (horário de Brasília)
CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil
Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Ver mais de Esportes