ESPORTE

Grandes clubes salvam as finanças da primeira fase do Campeonato Paulista

22 Mar 2019 - 08h00Por João Prata

A primeira fase do Campeonato Paulista terminou com saldo financeiro negativo em mais de um terço dos jogos disputados. Das 88 partidas que tiveram o boletim financeiro divulgado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) até a noite desta quinta-feira, 33 deram prejuízo ao clube mandante. Ou seja, em 37,5% a arrecadação foi menor do que os gastos com manutenção dos estádios - os oito duelos da 12.ª rodada não foram contabilizados.

No total, 12 das 16 equipes terminaram com pelo menos um jogo no vermelho. Dos times grandes, só se salvaram Corinthians e Palmeiras. Os dois também foram responsáveis por tirar algumas equipes de ficar no prejuízo na competição.

O São Paulo teve saldo negativo de R$ 11.943,17 no duelo contra a Ferroviária, no estádio do Pacaembu, pela 9.ª rodada. O Santos, quando jogou no estádio municipal também teve prejuízo em duas oportunidades: na derrota para o Novorizontino ficou no vermelho em R$ 30.305,37 e na vitória por 3 a 2 sobre o Oeste ficou devendo R$ 12.064,52.

O recordista de jogos com prejuízo foi o Red Bull Brasil, a equipe de melhor campanha da primeira fase: em cinco das seis vezes que foi mandante, não conseguiu arcar com os custos do estádio, com total de R$ 110.185,39 de prejuízo. No entanto, bastou um jogo contra o Palmeiras para que fechasse as contas no azul. No confronto contra o time da capital, na rodada de estreia, a equipe de Campinas (SP) teve renda líquida positiva de R$ 311.797,74.

O CEO do Red Bull Brasil, Thiago Scuro, não se mostrou surpreso com os números e avisou que não mexerá no valor do ingresso para as quartas de final. "Contra o Santos vamos colocar mais ou menos o valor do jogo com o Palmeiras. Não queremos criar uma política agressiva de ingressos", disse nesta quinta-feira, durante o congresso técnico da Federação Paulista de Futebol.

As surpresas positivas da primeira fase foram o Botafogo e o Novorizontino, que conseguiram fechar no azul em todos os jogos como mandante. A equipe de Novo Horizonte ainda coroou a campanha com a classificação para as quartas de final.

ESTRATÉGIA - O presidente do Novorizontino, Genilson da Rocha Santos, disse que durante todo o ano o clube realiza ações em escolas, hospitais e casas de caridade: "A gente sai a campo para mobilizar o torcedor".

Nas escolas, por exemplo, foram distribuídos três mil lápis com o escudo da equipe e três mil ingressos para as crianças. "Elas já entrariam de graça no estádio. Mas, com o ingresso na mão, chamam os pais para ir ao jogo. Um aluno vê o colega indo e também pede para ir. E assim a gente consegue aumentar o público", explicou. O clube também sempre tenta reverter o pagamento de multas para hospitais e ONGs da região.

O presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Basto, minimizou as partidas que deram prejuízo e destacou a organização de algumas equipes do interior. "O interior está mais organizado. Alguns times vêm se planejando e pensando o trabalho a longo prazo. O Ituano, o Novorizontino e o Red Bull estão praticando uma gestão moderna e eficiente. Eles têm dado exemplo dentro e fora do campo".

O mandatário destacou a mobilização dos torcedores do Botafogo, que lotaram 22 ônibus para acompanhar o duelo de sua equipe contra o Mirassol, que fica a 221 quilômetros de distância, pela 11.ª rodada. "Há uma maior conscientização do torcedor. Esse jogo impressionou a torcida visitante. É um exemplo de que é possível (ter bom público no interior). Está quase em um nível razoável, mas temos caminhos para melhorar isso e é uma parte importante do trabalho para 2020".

Carneiro evitou comentar sobre o rompimento do Palmeiras com a entidade. Ao ser questionado sobre a ausência de um representante do clube na reunião desta quinta, disse: "Não vieram, mas participei do melhor Conselho Técnico da minha carreira como dirigente. Foi um conselho de agradecimento a dirigentes, atletas e comissões técnicas".

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil

Já eliminado, Leão do Sul perde vaga nas quartas de final do Campeonato Catarinense
Hercílio Luz é condenado por escalação irregular com perda de três pontos e multa de R$ 15 mil
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil

Com o resultado, o Jaraguá pode até empatar o duelo de volta que se classifica à segunda fase
Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil
Geral

Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo

O projeto prevê duas quadras poliesportivas com arquibancadas, vestiários, banheiros, sala administrativa e depósito/almoxarifado
Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo
Esportes

Denúncia de escalação irregular suspende duelo pelas semifinais em SC

Caso envolve defensor do Hercílio Luz, time eliminado pela Chapecoense
Denúncia de escalação irregular suspende duelo pelas semifinais em SC
Ver mais de Esportes