ESPORTE

Em clássico movimentado, Fla vence o Flu e os dois se encaram na semi da Taça Rio

24 Mar 2019 - 19h23Por Ricardo Magatti, especial para a AE

Em clássico movimentado, o Flamengo derrotou os reservas do Fluminense por 3 a 2, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e garantiu vaga nas semifinais da Taça Rio - o segundo turno do Campeonato Carioca. O time rubro-negro dominou a maior parte do primeiro tempo, chegou a abrir 3 a 0, viu o rival crescer e quase levou o empate, mas conseguiu segurar o triunfo.

Com o resultado, o Flamengo, que passou em segundo do Grupo C, e o Fluminense, que já estava classificado e avançou na liderança do Grupo B, voltarão a se enfrentar na semifinal da Taça Rio. A data e o horário do duelo ainda serão definidos nesta segunda-feira pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). O Flu, por ter melhor campanha, pode jogar pelo empate. A outra disputa pela vaga na decisão será entre Bangu e Vasco.

Bruno Henrique foi a estrela da partida ao marcar dois gols e dar a assistência para Gabriel fazer o terceiro. O Fluminense do técnico Fernando Diniz, que optou por descansar os seus principais jogadores em razão da sequência desgastante de jogos - apenas Caio Henrique e Paulo Henrique Ganso foram titulares - deu muito espaços para o poderoso ataque flamenguista e reagiu tarde. Cresceu na metade da etapa final e chegou ao seus dois gols depois de ver o rival abrir 3 a 0. Dois que vieram do banco, Dodi e o jovem João Pedro, já negociado com o Watford, da Inglaterra, foram às redes, mas não evitaram a derrota.

O JOGO - O clássico não precisou ter os dois times titulares em campo para ser interessante e atrativo. Com o que tem de melhor em campo, o Flamengo mostrou superioridade, apertou a saída de bola da defesa do Fluminense e dominou o rival em boa parte do primeiro tempo. Bruno Henrique brilhou intensamente e abriu o placar aos 13 minutos, em toque de esquerda depois do cruzamento de Pará.

O time rubro-negro, inflamado pela gol, ainda exigiu duas ótimas intervenções do goleiro Agenor, com Pará e Diego, e acertou o travessão em cabeceio de William Arão. O Fluminense, um pouco perdido, desarrumado e sem conseguir acompanhar a velocidade dos homens de frente do adversário, assustou com Caio Henrique, que cabeceou no travessão, e Matheus Gonçalves, no rebote do lance. A bola só não entrou pois Arão salvou em cima da linha.

O melhor ficou para o final. As propostas de jogo dos dois times permitiram que a partida fosse ainda mais aberta no segundo tempo e os gols saíram a rodo. Atento, o Flamengo, armado para contra-atacar, se aproveitou do espaço que a defesa da equipe tricolor cedia e ampliou com Bruno Henrique, de novo. Aos seis minutos, o atacante recebeu lindo passe de Diego, entrou em velocidade e finalizou no canto esquerdo de Agenor.

O jogo reativo da equipe de Abel Braga encaixou e o Flamengo chegou aos terceiro aos 12 minutos. Allan errou o passe e entregou para Bruno Henrique, que assistiu Gabriel. O atacante, já nas graças da torcida, finalizou no canto esquerdo, com precisão. Confortável em campo, o time rubro-negro se acomodou e viu o Fluminense crescer a partir da metade da segunda etapa.

Fernando Diniz mexeu na equipe e, em seis minutos, o Fluminense balançou as redes duas vezes. Dodi e João Pedro foram às redes e trouxeram esperança pelo empate, que, no entanto, não veio. O Flamengo recuou, mas o rival não conseguiu mais marcar e o futebol ficou de lado para dar lugar a confusões no final do jogo. Caio Henrique e Bruno Henrique se desentenderam e, nos acréscimos, Pablo Dyego foi expulso por acertar o pé no rosto de Léo Duarte.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 x 2 FLUMINENSE

FLAMENGO - Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Ronaldo, Willian Arão e Diego (Lucas Silva); Éverton Ribeiro, Bruno Henrique (Vitor Gabriel) e Gabriel (Uribe). Técnico: Abel Braga.

FLUMINENSE - Agenor; Igor Julião (Pablo Dyego), Nino, Léo Santos e Marlon; Allan (João Pedro), Daniel, Caio Henrique e Paulo Henrique Ganso; Mateus Gonçalves (Dodi) e Marcos Calazans. Técnico: Fernando Diniz.

GOLS - Bruno Henrique, aos 13 minutos do primeiro tempo; Bruno Henrique, aos 6, Gabriel, aos 12, Dodi, aos 18, e João Pedro, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Renê, Ronaldo e Diego (Flamengo); Igor Julião, Nino, Allan, Daniel, Marlon e Marcos Calazans. (Fluminense).

CARTÃO VERMELHO - Pablo Dyego (Fluminense).

ÁRBITRO - João Batista de Arruda.

RENDA - R$ 1.547.146,00.

PÚBLICO - 44.783 pagantes (48.385 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil

Com o resultado, o Jaraguá pode até empatar o duelo de volta que se classifica à segunda fase
Jaraguá Futsal vence o Pato pela Copa do Brasil
Geral

Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo

O projeto prevê duas quadras poliesportivas com arquibancadas, vestiários, banheiros, sala administrativa e depósito/almoxarifado
Marcada data da licitação do Centro de Treinamento Esportivo
Esportes

Denúncia de escalação irregular suspende duelo pelas semifinais em SC

Caso envolve defensor do Hercílio Luz, time eliminado pela Chapecoense
Denúncia de escalação irregular suspende duelo pelas semifinais em SC
Esportes

Juventus perde para o Marcílio Dias e está fora do Catarinense 

O Juventus precisava de uma vitória para avançar a semifinal. O Marcílio Dias jogava pelo empate e terminou a partida com um gol
Juventus perde para o Marcílio Dias e está fora do Catarinense 
Ver mais de Esportes