Dia internacional das Mulheres
ESPORTE

'Chegarei com toda a força', diz Cuca, sobre desafio no São Paulo

15 Fev 2019 - 16h30Por Renan Cacioli

Em seu primeiro pronunciamento como técnico do São Paulo, Cuca, oficializado pela diretoria na última quinta-feira, em seguida ao anúncio de que André Jardine não seguiria no cargo, comentou ao site oficial do clube sobre a expectativa de iniciar o quanto antes sua segunda passagem pelo Morumbi - na anterior, em 2004, ele chegou à semifinal da Copa Libertadores.

O treinador passa por tratamento cardiológico e depende da liberação médica para voltar ao dia a dia do futebol. Na quinta-feira, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, revelou uma hipotética data, segundo o próprio, informada a ele por Cuca: 15 de abril. Mas o prazo pode se estender, dependendo da evolução da recuperação. Em dezembro, o técnico foi submetido a uma cirurgia porque apresentava quadro de entupimento arterial.

"Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba. Enquanto esses dois meses não chegam, estarei me preparando ainda mais para desenvolver meu trabalho", afirmou Cuca, que terá mais uma vez a parceria se seu irmão, Cuquinha, como auxiliar. Ele vai começar a trabalhar antes, até para ajudar na transição futura.

Enquanto Cuca não puder trabalhar, a equipe será dirigida por Vagner Mancini, que é coordenador de futebol do São Paulo desde o início deste ano. "Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo", comentou o treinador. "Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida."

Em sua primeira passagem pelo São Paulo, em 2004, Cuca comandou o time em 51 jogos: 30 vitórias, oito empates e 13 derrotas (64,05% de aproveitamento). Semifinalista da Libertadores daquele ano, foi um dos responsáveis pela montagem do elenco que fez história na temporada seguinte com os títulos continental, do Mundial de Clubes e do Campeonato Paulista.

"Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos", finalizou.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Juventus encara o Hercílio Luz pelo Catarinense nesta quarta em Jaraguá

Partida, marcada para às 16h, terá transmissão da Rádio Jaraguá
Juventus encara o Hercílio Luz pelo Catarinense nesta quarta em Jaraguá
Esportes

Catarinenses conhecem adversários na Copa do Brasil 2021

A Chapecoense, por ter sido campeã da Série B do Campeonato Brasileiro em 2020, entra direto na terceira fase da disputa nacional
Catarinenses conhecem adversários na Copa do Brasil 2021
Esportes

Joinville tem novo jogo adiado no estadual por surto de covid-19

Partida contra Metropolitano terá data remarcada
Joinville tem novo jogo adiado no estadual por surto de covid-19
Economia

Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias

Litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%)
Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias
Ver mais de Esportes