ESPORTE

Chefão da F-1 quer categoria liderando tecnologia e maior espaço para mulheres

06 Mar 2019 - 11h34

A Fórmula 1 tem planos de seguir desenvolvendo tecnologias híbridas, com maior espaço para redução de emissão de carbono, e com maior espaço para as mulheres. Esse foi o recado dado pelo chefão da Fórmula 1, Chase Carey, em raro pronunciamento público, feito no Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça.

Carey anunciou que a categoria terá duas grandes "prioridades estratégicas" para o futuro a longo prazo. E destacou que a primeira delas será manter a tecnologia como seu principal foco. "A primeira prioridade é reforçar nossa liderança tecnológica, mas também nossas incríveis conquistas em termos de eficiência e sustentabilidade em nossos carros e em nossos motores híbridos", declarou.

Os motores híbridos passaram a ser adotados na Fórmula 1 em 2014, com a meta de reduzir as emissões de carbono da categoria, algo criticado nos últimos anos diante dos efeitos do aquecimento global sobre o planeta. Com a adoção, os motores se tornaram "unidades de potência", com a inclusão de sistemas de recuperação de energia.

"Vamos continuar a investir em oportunidades para reduzir ainda mais as emissões de carbono e também em outras iniciativas para estarmos na vanguarda da tecnologia de estrada mais relevante", declarou o norte-americano.

Carey também destacou que quer aumentar o espaço para as mulheres na categoria, inclusive nas pistas. "Queremos continuar a enfatizar que a F-1 é um esporte para todos. Isso significa continuar a destacar as oportunidades para mulheres dentro e fora da pista e continuar a expandir a categoria como um esporte global em todas as partes do mundo", afirmou o chefão da F-1.

Ele disse ainda que pretende "abrir" a Fórmula 1, sem tirar da categoria o status e o glamour pelo qual é famosa. "Queremos que continue sendo um esporte que transpire certa mística e glamour, mas sem deixar de ser convidativa e aberta para todos."

O dirigente prometeu ainda dar maior atenção ao conteúdo digital produzido pelo campeonato. Este tem sido um dos seus maiores focos desde que a F-1 foi adquirida pelo grupo Libertdy Media, dos Estados Unidos. "Queremos seguir avançando com nossa tradicional e digital oferta de conteúdo atrativos, novos ângulos para as câmeras e gráficos e muito mais", avisou.

A nova temporada da Fórmula 1 terá início no próximo dia 15, com os primeiros treinos livres para o GP da Austrália. A primeira corrida do ano está marcada para o dia 17, em Melbourne.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense

Partida terá transmissão da Rádio Jaraguá, a partir das 20h
Juventus estreia nesta quarta no Campeonato Catarinense
Esportes

Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina

A competição será disputada Na Argentina de 5 a 22 de março.
Árbitra catarinense apitará Libertadores Feminina
Esportes

CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil

Partida entre Palmeiras e Grêmio será às 18h (horário de Brasília)
CBF muda horário do segundo jogo da final da Copa do Brasil
Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Ver mais de Esportes